Sua Certificação em TI: 11 Dicas para passar no seu exame

Estudar para um exame de certificação exige muita dedicação e disciplina. O material é bastante extenso,Fazendo a prova... em inglês (alguns fabricantes disponibilizam material para alguns exames em português e a prova em inglês, o que dificulta bastante pela pobreza das traduções, por isso não recomendo), e além de tudo é caro. Em minha experiência aprendi algumas coisas que gostaria de compartilhar com você. Não que a certificação vá mudar sua vida e lhe tornar um expert, somente a senhora “Experiência” tem esse poder, mas ajuda bastante no dia-a-dia e principalmente num processo seletivo. Tenho um amigo, excelente profissional, não tem certificado algum, domina bastante a área de redes, mas já me confessou que foi descartado por selecionadores por não ter certificação. Vamos a elas:

1 – Estude bastante…quanto se achar pronto, estude mais um pouquinho

Bom, quando falamos em estudar, queremos dizer: faça uso de laboratórios, troque idéias com seu instrutor caso esteja fazendo um treinamento para isso, discuta com colegas, faça simulados, pesquise na internet, enfim, crie situações que possam ser mais próximas da realidade corporativa. Crie máquinas virtuais em seu computador para simular uma rede, por exemplo, use e abuse desses recursos sem ter que gastar em mais de um computador.

2 – Marque o exame com bastante antecedência

Mas marque realmente, não deixe para quando você “se sentir” preparado. Caso contrário isso só o fará protelar mais e mais. Uma vez marcado, isso vai te forçar a agir, se preparar , afinal um exame não é barato e você não vai querer ficar jogando dinheiro fora. Se mesmo assim não se sentir preparado, remarque, mas verifique o prazo-limite para isso com o centro de exames que você escolheu.

3 – Planeje como chegar…com antecedência

Tenha a documentação necessária, o endereço em mãos (imprima um mapa na internet se for o caso) e telefone do local no dia do exame para evitar problemas e chegar atrasado. Alías saia de casa com bastante antecedência. O tempo entre sua chegada e o exame será muito útil para você poder relaxar.

4 – Na véspera do exame:

Durma cedo. Não adianta em cima da hora querer virar a noite estudando, só vai atrapalhar a essa altura do campeonato. Ao acordar, tome um café da manhã leve.

5 – Após chegar lá…

Relaxe esticando braços, pernas, espreguiçando-se, vá ao banheiro mais uma vez se for preciso, assim evitando qualquer “desarranjo intestinal” que pode ser desencadeado pelo nervosismo…

6 – Só mais uma perguntinha…

Tire todas as dúvidas possíveis com o atendente que o encaminhará a sala de exames. Verifique se há papel de rascunho, lápis, borracha. Até dicionário de inglês costuma ser disponibilizado.

7 – Agora não tem volta, o exame começa!

Ao iniciar o sistema, leia a introdução da plataforma com muita atenção, pois contém informações valiosas ao candidato quanto a utilização da interface.

Preste muita atenção no tempo de exame e no número de questões a responder, que não é padrão entre os fabricantes e varia até mesmo entre produtos do mesmo fabricante. Faça um cálculo e estime um tempo a ser gasto para cada questão e procure seguí-lo. Considere que algumas questões, por serem mais extensas exigirão um tempo extra.

Antes de começar a responder, leia atentamente o enunciado. Cuidado com as perguntas do tipo “O que NÃO pode ser feito”… o “não” pode passar desapercebido. Leia atentamente cada alternativa, uma pequena palavra que você pulou pode mudar todo o seu sentido.

Outro ponto que muita gente costuma cair: a pergunta trata sobre “a melhor” alternativa, aí o candidato marca a primeira que vê pela frente porque é correta. Nem sempre a correta é a melhor opção.

Exclua as opções que você tem certeza que sejam erradas. Isso vai facilitar em muito sua análise das demais e consequentemente sua chance de acerto.

Use e abuse da opção “mark for review”, caso esteja disponível na sua plataforma. Se tiver dúvidas quanto a resposta correta, por menor que seja, marque a questão para posterior revisão.

Fique atento, pois um cenário de determinada questão pode auxiliar na respota de outra.

8 – Terminei o exame! e agora?

Lembra-se dos “marked for review”? volte a eles e termine de respondê-los ou corrija-os se for o caso. Se ainda tiver dúvidas, não hesite em dar um belo chute, mas não o deixe em branco.

9 – Ah tá , agora terminei de verdade!

Se você se preparou bem e conseguiu manter a calma, então deve ter sobrado alguns minutos. Tente revisar todas as questões, ou pelo menos aquelas que te deixou com uma pulga atrás da orelha. Feito isso, confirme o encerramento do exame…sua nota é calculada automaticamente, havendo uma quantidade mínima de acertos para aprovação.

10 – Meu Deus, fui reprovado!!!

Calma, contenha as lágrimas e vontade de quebrar tudo. Já passei por isso mas sobrevivi, vai por mim, nem tudo está perdido. Após o exame você receberá um report (isso não é um gabarito, e a disponibilidade depende do fabricante) onde poderá checar as áreas em que você precisa de melhor preparo. Com isso em mãos, vá em frente, não desista!!

11 – Devo agendar outro exame?

Veja as regras no centro de exames em que você prestou quanto ao limite mínimo de tempo que você deve esperar para poder agendar novo exame e desembolsar aquela grana de novo. E não espere questões repetidas, pois o roll de questões, que são selecionadas aleatoriamente, é muito grande.apareça!!

Quando se quer se diferenciar na multidão, há um alto preço a se pagar, por isso são poucos que conseguem. Tenha foco, determinação, vá sem medo de fracassar e depois compartilhe conosco seu sucesso.

Agora, você sabe qual o valor de uma certificação em TI para sua carreira?

E você, o que achou destas dicas? tem algo acrescentar de sua experiência, ou alguma dúvida? comente e teremos o maior prazer de divulgá-las aqui!

 

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão

  1. Renato Antonio
  2. Vinicius
  3. Ygor
  4. Vinicius
  5. paulo rafaelli
  6. Vinicius
  7. paulo rafaelli
  8. Vinicius
  9. paulo rafaelli