Saiba de graça se está com o nome sujo e organize-se para não se queimar no mercado de trabalho

Está tentando trocar de emprego e nada acontece…manda currículo, chega a avançar de fase em algumas entrevistas e nada.
Talvez o problema esteja bem longe da velha questão de perfil que não bate com o descritivo da vaga, salário incompatível, etc e tal.
Pode ser aquela dívida que você porventura tenha esquecido de pagar ou pior (quando a culpa é dos outros), devido a alguma infelicidade sistemica seu pagamento não tenha sido registrado e seu nome tenha ficado sujo sem ao menos você perceber.

Eis aí um bom motivo (na visão de muito RH por aí) para você ser definitivamente riscado da lista de pretendentes a uma boa vaga de emprego. E mais, sem que lhe avisem o real motivo, simplesmente vindo com aquela mensagem padrão: “infelizmente seu perfil não se encaixou na vaga proposta, estaremos arquivando seu currículo para futuras oportunidades…”

Ok, existe um certo sentido nessa atitude de muitas empresas, pois crédito tem a ver com confiança em assumir compromissos, premissa básica de um bom profissional, mas há casos e casos, não é? Não acredito que se possa taxar todo mundo que deve como alguém irresponsável e descompromissado, deve-se haver bom senso aí.

Por isso, considero este serviço de suma importância, divulgado pelo site da revista Você S/A. Segundo eles…

O Serviço Central de Proteção ao Crédito lançou nesta terça-feira um serviço para que o próprio consumidor consulte o seu status no Serviço Central de Proteção ao Crédito.

Para fazer a consulta, o consumidor deverá acessar o Portal Boa Vista Consumidor Positivo e preencher um cadastro, que exigirá número de celular e CPF. Vale lembrar que o cadastro não obriga o consumidor a constar do Cadastro Positivo.

Acesse o portal da Boa Vista Serviços, que aliás, de quebra ainda dá ainda boas dicas de Educação financeira e orientações para utilização do crédito.

Todo mundo pode passar por problemas pessoais e dever uma grana em determinado momento na vida. O grande pecado é fugir da responsabilidade para que lhe confiou o bem, vendendo-lhe, ou mesmo emprestando uma grana informalmente.

Isso aí, perder vaga por causa de pequenas dívidas que poderiam ter sido sanadas com um pouco de organização não dá, não é? Recupere a reputação no mercado, faz bem pra consciência e para sua própria imagem perante o mercado de trabalho.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão

  1. Marcos
  2. Denis
  3. Marlon