NOVO! Imigração para o Canadá em 2 semanas para Profissionais de TI  em Alta Demanda

Nos artigos anteriores, falei sobre as recentes mudanças e dei o passo-a-passo para aqueles que desejam imigrar para o Canada e para a província de Quebec (também no Canada, mas que detém um processo de imigração particular autorizado pelo Governo Canadense).

Embora as mudanças sejam bastante positivas, precisava-se fazer mais, ser mais ágil. As empresas pressionaram e o governo resolveu agir com esta boa notícia, especialmente para os profissionais de TI experientes que desejam imigrar para o Canadá e para as empresas canadenses que anseiam contratar mais rapidamente a fim de atender as demandas de negócios de forma mais dinâmica e ágil:

Trata-se do programa Global Talent Stream – na categoria Temporary Foreign Worker (TFW). Esta é uma iniciativa do governo federal canadense para diminuir o tempo de processamento de visto de trabalho, que deve cair para até 2 semanas em 80% dos casos – algo impensável até o momento, onde o processo mais rápido demora em média 3 meses. Neste tempo de processamento está incluso o processamento de visto para o cônjuge (visto de trabalho aberto, o que significa poder ser contratado por qualquer empresa no país durante a validade do visto do aplicante principal) e para os filhos (visto de estudo)!

Criou-se mesmo a opção de vir para o Canadá sem visto de trabalho por períodos curtos (15 dias a cada seis meses/ 30 dias a cadas 12 meses dependendo da categoria do candidato)

E o melhor, você candidato não paga nada!

As empresas é que devem pagar mil dólares canadenses ao governo por cada posição que deseja contratar para poder participar desse programa, de forma a cobrir os custos do processo.

Claro, há contrapartidas por parte das empresas: elas são obrigadas a trabalhar junto com o Employment and Social Development Canada (ESDC) e desenvolver um plano chamado Labour Market Benefits Plan. Este plano deve representar o compromisso das empresas com a geração de resultados positivos no mercado de trabalho interno (transferência de conhecimento, investimentos em treinamento).

Faz sentido, afinal a idéia do programa não é sub-empregar imigrantes qualificados enquanto a taxa de desemprego no país aumenta, mas sim trabalhar em parceria para que essa mão de obra altamente qualificada ajude a expandir os negócios, gerando mais oportunidades no mercado nacional para os canadenses e residentes permanentes.

Obviamente, seguindo essa lógica, as empresas deverão apresentar seus esforços de que buscaram profissionais no mercado interno e não encontraram. E quando contratarem, têm o compromisso de pagarem dentro da média para a posição na mesma companhia e no mercado de trabalho segundo a especialização e anos de experiência do  candidato, nada mais justo aliás. Ademais, o ambiente de trabalho deve ser seguro e equalitário. Todas essas medidas ajudam a desencorajar a exploração de imigrantes no mercado de trabalho.

E não termina depois da aprovação do candidato: Depois de ser autorizada a contratação, as empresas são monitoradas quanto a seu comportamento em relação ao tratamento com os imigrantes, de forma que poderão sofrer sansões severas se descumprirem as regras de compliance do programa impostas pelo Governo.

Quais tipos de candidatos se aplicam para esse processo de imigração:

O Governo classificou em dois tipos:

A Categoria A trata de candidatos indicados pelos parceiros do Employment and Social Development Canada (ESDC) listados abaixo, além de justificarem a contratação do que eles chama de um talento único e especializado. Definem assim se o candidato tiver um conhecimento avançado de sua indústria, diploma avançado em áreas de especilização requeridas pelo empregador e/ou mínimo de 5 anos de experiência na área desejada e tratar-se de uma posição que paga $80.000 dólares anuais ou mais.:

Parceiros do do Employment and Social Development Canada (ESDC):

  • Atlantic Canada Opportunities Agency
  • BC Tech Association
  • Business Development Bank of Canada
  • Communitech Corporation
  • Council of Canadian Innovators
  • Federal Economic Development Agency for Southern Ontario
  • Global Affairs Canada’s Trade Commissioner Service
  • ICT Manitoba (ICTAM)
  • Innovation, Science and Economic Development Canada – Accelerated Growth Service
  • MaRS Discovery District
  • National Research Council – Industrial Research Assistance Program
  • Ontario Ministry of Citizenship and Immigration
  • Ontario Ministry of Economic Development and Growth
  • VENN Innovation

Veja mais detalhes sobre os requerimentos do programa link Global Talent Requirements. O link The Global Skill Strategy traz os pontos principais sobre o programa. Particularmente acho essa categoria mais difícil para profissionais que estão no Brasil. Você provavelmente poderá se encaixar mais facilmente na categoria B, como pode ver pela tabela abaixo.

E mais uma vez, se você é profissional de TI, pode pular de alegria, dominamos a lista! 🙂

Dito tudo isto, é importante ressaltar que o passo inicial é das empresas em buscarem recursos no exterior. Elas que devem se cadastrar no programa, enquanto você, profissional de TI, deverá seguir seu processo de imigração como detalhei nos artigos referenciados no começo deste artigo.

De qualquer forma, é um enorme passo em direção de um mercado de trabalho mais dinâmico e receptivo de forma global, e que faz com que seus sonhos de imigrar e ter uma experiência de trabalho no exterior estejam mais próximos da realidade, mais paupáveis do que você poderia imaginar :).

Quer aprender mais sobre como Imigrar?

​Então cadastre-se abaixo agora!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão

  1. Guilherme
  2. Vinicius