Processar é inútil: Monitoração de email corporativo é permitida

Um trabalhador de Curitiba, um ex-analista que prestou serviços por 16 anos à Esso e foi demitido em 2002, entrou com processo contra a empresa, alegando que esta deveria acessar o conteúdo de seus emails somente com autorização judicial.

O TRT do Paraná deu causa ganha à empresa. Segundo o entendimento do tribunal, sendo o meio de comunicação institucional, não existe violação de sigilo de correspondência pela própria empresa.email

 Resumindo: se o funcionário quiser privacidade, garantida pela lei, que crie seu email em um ambiente, digamos, público, como GMail, Yahoo, Hotmail,etc…

Ao utilizar o email corporativo para envio de piadinha corre-se um risco muito grande de que isso possa ser usado contra você no futuro. Existem cada vez mais ferramentas avançadas para monitoramento de envio de emails. Na empresa onde trabalho, por exemplo, temos um sistema de identificação que varre o conteúdo de todas as mensagens enviadas em busca de palavras que identifiquem o email como conteúdo vazamento de informações sigilosas. Esses emails vão para uma área de análise e investigação posterior.

Melhor prevenir do que remediar…

Use o email com inteligência. Nunca se sabe os problemas futuros que poderão haver com relação à sua empresa e se você é daqueles que gosta de enviar vez por outra piadinhas e imagens pouco convecionais para o ambiente de trabalho, reveja seus conceitos. Sem contar ainda o grande risco de clicar em “Enviar” sem revisar os destinatários. E dá lhe lei de Murph: o “motivo da piada” pode estar recebendo a mensagem devido a seu sobrenome ser semelhante ao de um colega seu…e você digitou e enviou sem nem perceber!

Há pessoas de todo o tipo onde trabalhamos, com humores dos mais variados. E algumas são implacáveis: uma bricandeira mal interpretada e você pode ficar queimado, pondo seu trabalho e reputação a perder.Perder o amigo mas não perder a piada…ah tá, mas e se além do amigo perder a promoção ou mesmo o emprego?

 

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Nenhuma resposta

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *