20 verdades por trás da Falta de Feedback (ou Feedback negativo) do Recrutador

Quando participamos de um processo de seleção, desde o primeiro contato através do envio do currículo, ansiamos ouvir respostas do tipo: “gostei do seu CV, queria agendar uma entrevista”, “você passou para a próxima fase do processo de seleção” ou ”você foi aprovado, gostaria de lhe fazer uma proposta”.

Qualquer resposta nesse sentido soa como música suave aos ouvidos. Arranca de nós aquele suspiro de alívio de que ao menos passamos de fase, de que estamos no caminho certo. A auto-estima, que andava meio capenga, dá aquele salto. Começamos a vislumbrar um futuro melhor…

 Porém, infelizmente, nem sempre é assim, principalmente em tempos de crise. Há aqueles momentos em que temos que encarar a falta de feedback, onde…

Somos completamente ignorados

Nada de resposta. Zero. Me pergunto se realmente mandamos o currículo para o endereço certo..

Ou recebemos o feedback negativo através da famosa e infeliz resposta padrão:

“Gostaríamos de informar que seu perfil não atende aos requisitos da vaga. Todavia, estamos arquivando seu currículo para futuras oportunidades”.

Bem, este é o tipo de feedback que não diz nada com nada. Ou pode dizer várias coisas. O problema é que o recrutador, muitas vezes está mordendo a língua do outro lado.

Talvez até gostaria de te dizer umas boas verdades sobre seu currículo ou perfil, ou desabafar sobre problemas internos na empresa, mas não pode fazê-lo. Afinal, além de prezar pela carreira dele ou dela, tem ainda a questão de como você poderia reagir se ouvisse um feedback sincero.

Ou ainda,  claro, podem ter preconceitos por trás que o recrutador simplesmente prefere não comentar, por razões óbvias. O assunto pode ser muito delicado, não dá para negar…

Cabe a nós, quando vítimas dela, tentar decifrar o significado, a verdade oculta por trás daquela frase inócua. A nossa habilidade em fazer isso vai determinar nossa evolução nos próximos processos de seleção.

Mas não temos bola de cristal.. como fazer então? Podemos aprender com as indiretas dos recrutadores na mídia em geral. E foi isto que fiz abaixo.

Dentro de tudo que li sobre experiência de recrutadores e eu mesmo presenciei até hoje ao lidar com profissionais envoltos em processos de seleção, estes são as verdades ocultas que podem estar por trás daquele feedback negativo (ou falta de feedback) no processo seleção em que você participou.

Coloquei sugestões de solução para que no próximo processo de seleção, você tenha maiores chances de sucesso:

1 – “Não cheguei a ver o seu currículo, chegou tarde demais”

Solução: Tente ser mais proativo, monitorar o mercado mais de perto para responder as oportunidades num tempo razoável.

2 – ” Seu currículo deve ter chegado no meio dos demais 500 que recebi, fechei a vaga antes mesmo de chegar a abrir seu email”

Solução: Tente utilizar outros canais para chegar ao recrutador, como uma indicação na empresa, a fim de contornar o gargalo na fila de emails dele(a).

3 –  “Não consegui abrir o seu currículo anexo, parece que estava corrompido. Ia te contatar mas enquanto analisava outros, encontrei o perfil que desejava”

Solução: “Envie seu currículo em PDF, pois nunca se sabe a versão do processador de textos que a pessoa que receberá estará utilizando, o que pode evitar com que seu arquivo seja aberto corretamente.

4 – “A formatação do seu currículo está muito confusa, cores berrantes, fontes pouco legíveis e estruturação pobre. Desisti e fui para o próximo currículo”

Solução: Formate seu currículo utilizando fontes legíveis, margens, espaçamento entre linhas e palavras corretamente.

5–  “Seu currículo não tem narrativa, somente uma sopa de siglas que não me dizem nada”

Solução: Descreva o significado de suas conquistas representadas pelas siglas. Não basta apenas traduzir, mas mostrar o valor que elas agregam para a posição a que está se candidatando.

6 – “Seu currículo foi editado há meses atrás, você nem se deu o trabalho de alguns minutos de customização – não deve estar muito interessado na vaga”

Solução: Edite seu currículo regularmente, substituindo partes obsoletas e customizando o documento SEMPRE antes de enviar para a vaga.

7 – “Sua pretensão salarial está muito acima do que seu currículo diz que você vale”

Solução: Somente coloque pretensão salarial se requerido. E quando colocar, escolha por uma faixa de valores condizente com a média do mercado para seu perfil, na sua região.

8 –  “Pesquisei sobre você nas redes sociais (LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube, etc). E não gostei nem um pouco do que encontrei”

Solução: Limpe suas redes sociais de qualquer menção a assuntos polêmicos, que podem ser usados contra você num processo de seleção.

9 –  “Você mora muito longe, vai ter dificuldades de chegar no trabalho”

Solução: Não coloque o endereço de residência no currículo, para evitar preconceitos e objeções desnecessárias. Você terá oportunidade de provar que a distância não importa na entrevista presencial.

10 –  “Você já tem uma certa idade / muito pouca idade”

Solução: Não coloque a idade no currículo, pelo mesmo motivo mencionado acima. 

11 –  “Não fui muito com sua cara pela sua foto no CV”

Solução: Não coloque foto, a menos que exigido. E se tiver que colocar, evite selfies, se posicione frontal para a câmera e procure utilizar uma iluminação natural. Uma expressão suave ajuda a transmitir serenidade e confiança.

12 –  “Você tem filhos, preferimos um profissional mais independente” 

Solução: Não mencione filhos. Este é um ponto a ser tocado somente na entrevista, onde você terá a oportunidade de provar que eles não são um empecilho para o desempenho da sua função.

13 –  “Seu currículo tem muitos erros de português – você deve ser relaxado assim no seu trabalho também”

Solução: Leia e releia seu currículo antes de enviar.  E não confie somente nos seus olhos: Peça para alguém de confiança o fazer também, em busca de erros de grafia e semântica.

14 –  “Abri a vaga publicamente somente por causa da política de compliance da empresa, já tinha um candidato indicado internamente”

Solução: Bem, aqui não vejo nenhuma. Tem alguma sugestão?

15 – “A descrição das suas atividades nas empresas onde trabalhou está muito superficial, não me dá segurança de que você realmente conheça o que diz que conhece”

Solução: Procure detalhar as atividades de acordo com sua relevância para a vaga em questão. Seu currículo precisa transmitir a mensagem de que você realmente é experiente, que sabe do que está falando.

16 –  “Seu objetivo profissional/sumário não está claro, mas muito vago, genérico – não tenho certeza de que tenha aplicado para a vaga correta”

Solução: Customize o objetivo profissional ou sumário do seu currículo de acordo com a função a que está aplicando. Os recrutadores não curtem muito esse negócio de “faço o que vocês tiverem de oportunidade por aí, pau pra toda obra!”.

17  – “Você pulou muito de empresa em empresa em pouco espaço de tempo e não vejo nenhuma justificativa, você parece ser desleal”

Solução: Apresente uma descrição breve do motivo de tantas trocas de emprego num curto espaço de tempo. Fazendo assim, você vai dar mais tranquilidade ao recrutador para contatar você.

18  – “Você enviou o currículo para uma vaga onde não atende nem os requisitos mínimos exigidos. Na próxima vez, tenha certeza de estar no perfil antes de perder o seu tempo e me fazer perder o meu”

Solução: Tenha certeza de atender no mínimo os requisitos exigidos da vaga. Se é exigido, é porque não tem como desempenhar a função sem aquela habilidade.

19 –  “A pessoa que me indicou seu currículo não é confiável. Você também não deve ser” 

Solução: Este é difícil pois você não está dentro da empresa pra entender a reputação do seu contato, mas conversando com a pessoa sobre o dia-a-dia dela, talvez você possa captar algo que sugira ser uma roubada utilizá-la como referência.

20 – “Você está há muito tempo na mesma empresa e só conseguiu listar um punhado de atividades, habilidades e resultados: Deve estar estagnado”

Solução: Procure ser mais detalhista quanto as suas atividades e conquistas ao longo de sua carreira, especialmente se você está muito tempo no mesmo emprego e cargo na empresa atual.  

E então, qual dessas situações você acredita ter enfrentado? Deixe sua opinião nos comentários!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails