Como Colocar a Pretensão Salarial no Currículo sem Queimar sua Candidatura

**Envie seu currículo COM PRETENSÃO SALARIAL***

Hoje em dia, dificilmente as empresas pedem isso, mas pode acontecer.  Quando pedido para enviar sua pretensão salarial, você tem que tomar alguns cuidados para não se vender barato demais, soando desesperado ou como alguém que não oferece um trabalho de qualidade. Por outro lado, também não pode se vender caro demais, muito acima da média.

Em ambos os extremos, seu currículo costuma ser descartado pelo recrutador, que rapidamente passará para o próximo  candidato da lista.

Em primeiro lugar, nunca coloque essa informação, a não ser que seja obrigatório para se candidatar para a vaga. E aqui vai uma dica de ouro: se tiver que colocar o valor, sugira uma faixa salarial desejada, por exemplo: de R$3.000,00 a R$4.000,00.

Claro que a faixa salarial que você colocar deve ser condizente com a média do mercado para seu perfil na região que você está, com o ramo de atividade e com o porte da empresa, senão você corre o risco de ser desconsiderado do processo de seleção.

Isto lhe dará uma maior chance de cair na faixa de salário possível que o empregador tem a oferecer, ao mesmo tempo em que lhe dá uma margem maior de negociação.

A verdade é que pedir a pretensão salarial no currículo não faz muito sentido, pois não dá para entender a REAL profundidade do conhecimento e experiência de um candidato somente pelo CV sem lhe fazer perguntas relevantes e pertinentes.

Depois  de o recrutador ter uma conversa inicial com o candidato é que fica mais óbvio perguntar sobre a pretenção salarial ou a empresa divulgar a dela, e ainda assim, tudo em termos faixa salarial.

Clique no link abaixo para aprender como fazer Seu currículo: CheckList Grátis com 60 Ajustes Rápidos no CV:

Como Fazer Seu Currículo: CheckList Grátis com 60 Ajustes Rápidos no CV

A medida em que se CONHECE MELHOR o candidato, a empresa tem mais segurança de oferecer um valor mais adequado, assim como o candidato de ser mais específico nos valores que deseja a medida que conhece melhor o desafio que pode ter pela frente. Faz sentido?

Exigir esse tipo de informação apenas complica a vida do candidato, tendo que pensar em que número chutar para não ser excluído do processo. É uma forma pouco efetiva de filtrar candidatos, na minha opinião, e que leva a equívocos onde ótimos candidatos acabam sendo descartados.

Ao candidato, fica então a dica: se pedirem pretenção salarial no CV, coloque a faixa salarial, alinhada com a média do mercado, não um valor fixo, e além disso, coloque essa informação no final do currículo ou da carta de apresentação se for o caso, sempre tendo a certeza de se vender de forma apropriada, de modo a construir valor perante o recrutador.

Isto pode fazer com que o recrutador contate você para esclarecer sobre os valores, caso seu CV interesse, e então poderá se vender melhor. Comece a praticar estas dicas e verá mais retorno nas suas candidaturas!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails