Universidade pública abre as portas para programa de certificação em TI

A USP (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo) enfim se rendeu à necessidade do mercado quanto a qualificação dos profissionais de Tecnologia da Informação – Informática e estabeleceu uma importante parceria com a IBM.

Afinal, não é porque é aluno USP que é bom o suficiente do ponto de vista de quem contrata. O aluno tem que atender a requisitos específicos (qualificação) para ser aceito pelo exigente mercado, e boa formação acadêmica, embora muito importante, é apenas uma parte da solução para a alta demanda de profissionais de TI no mercado.

A parceria com a IBM trata-se do projeto de capacitação profissional chamado “IBM Smart Professional”. Segundo o site TiInside

O programa, que visa atender à demanda do mercado por profissionais da área de tecnologia da informação, envolve união entre empresas e universidades de todo o Brasil, com o objetivo de capacitar e certificar estudantes, professores e profissionais de TI em tecnologias IBM, de acordo com a necessidade do mercado local. O ‘IBM Smart Professional’ oferece capacitação virtual. Já as certificações são realizadas na própria universidade.

A importância da certificação profissional para qualquer candidato a uma vaga na área de Tecnologia da Informação (Informática) hoje em dia, é destacada com essa afirmação interessante:

Segundo pesquisa do Institute Data Corporation (IDC) Brasil, as chances de um profissional certificado conseguir um emprego aumentam 53% em relação a profissionais que não possuem este título. Para aqueles que já estão no mercado, a pesquisa mostra que os profissionais certificados podem alcançar salários de 10 a 100% superiores à média que o mercado paga a profissionais sem certificação que ocupam as mesmas funções.

As certificações disponíveis  pelo programa Smart Professional, da IBM, são:

  • Certificações UML, RUP, SOA, BPM, XML e Cloud Computing

Todas as certificações das linhas de produto:

  • IUM: DB2, COGNOS, Content Manager, Informix, Optim;
  • Rational: APPScan, Clear Quest, Functional Tester, Quality Manager, RDZ;
  • Lotus: Connections, Domino, Live, Notes, Quickr;
  • Tivoli: TSM, TIM, TAM, MAXIMO , Netcool.
  • WebSphere: WAS, WPS, iLOG, Message Broker , Lombardi, IBM Log Enterprise;

Veja a lista de universidades participando atualmente do programa (fique atento ao site da IBM pois esta lista pode mudar a qualquer tempo):

Belo Horizonte

  • PUC Minas

Brasília

  • UCB

Campinas

  • PUC-Campinas
  • Unicamp

Chapecó

  • Unochapecó

Fortaleza

  • UNIFOR

Limeira

  • Unicamp

Novo Hamburgo

  • FEEVALE

Recife

  • UNINASSAU

Rio de Janeiro

  • PUC-Rio

Salvador

  • Faculdade Ruy Barbosa

São Paulo

  • FIAP
  • FIT(Impacta)
  • Mackenzie
  • SENAC
  • USP

A tendência de parcerias desse tipo entre universidades, incluindo-se as públicas como neste caso, deve aumentar com o tempo, até porque é muito custoso para uma instiuição de ensino, (mesmo em país de primeiro mundo, quem dirá no Brasil), acompanhar o avanço da tecnologia e ao mesmo tempo alinhar o preparo dos seus alunos para o mercado de trabalho.

As grandes empresas do setor privado, como já é provado, tem um papel fundamental no complemento da formação dos novos profissionais da área, com parcerias com universidades e escolas de todo o Brasil.

Que o Governo possa criar mecanismos que incentivem mais essas ações nesse sentido, e assim teremos um contingente profissional menos desempregado, mais produtivo e realizado profissionalmente, pois apenas gerar empregos que não possam ser absorvidos pela sociedade (como já acontece muito nestes tempos atuais) não resolve o problema de ninguém.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

2 Comentários

  1. jose augusto tavares

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Está na Hora de ser Valorizado e Conquistar o Salário que Você Merece!

Cadastre seu E-mail e Pegue seu Livro Grátis! Promoção por Tempo Limitado...

Fechar esta janela

  • Saiba qual o segredo dos que ganham mais