Papel impresso pode ser reaproveitado para nova impressão em 24 horas

Uma tecnologia revolucionária de impressão foi desenvolvida pelo centro de pesquisas de Palo Alto (PARC) em parceria com a Xerox, a qual permite o reaproveitamento do papel após um certo tempo impresso. como se fosse virgem. Quantas vezes você não imprimiu um documento somente para não ter que lê-lo no terminal de seu PC e logo em seguida jogou fora?

Preste atenção na sequência abaixo, onde mostra gradualmente a “perda” da visibilidade da impressão feita: na útima folha, não parece resquícios da impressão inicial…

A coloração diferente do papel tem uma utilidade: diferenciá-lo dos demais, já que alguém, por engano, pode imprimir um documento importante e aí já viu né…

Veja como é o processo:

O papel é exposto a raios ultravioletas que reagem sobre a superfície (isso mesmo, sem tinta!), criando como resultado a imagem, ou seja a impressão propriamente dita.  As moléculas do papel voltam ao estado normal num prazo de 16 a 24 horas, permitindo sua reutilização, como se fosse novo.

A imagem não é colorida, aliás, para uma impressão temporária, está muito bom, ou não?

Dê uma olhada nos dados do desperdício de papel e surpreenda-se:

A Xerox estima que 40% das impressões feitas nos escritórios dos EUA são descartadas após uma única lida. Você sabia que um funcionário de escritório utiliza em média 10.000 folhas de papel por ano?

Produzir papel para sustentar esse desperdício não é fácil nem barato: são necessárias duas a três toneladas de madeiras, além da utilização de produtos químicos tóxicos, altamente prejudiciais a saúde humana e ao meio ambiente, assim como a qualidade da água, do solo e dos alimentos.

Impulsionada pela onda da “TI verde”, que veio para ficar, mais por imposição da natureza, do que pela consciência ecológica em si, natureza esta que tem respondido com ameaça de abreviação da vida humana sobre a terra (fui exagerado?) , é esperado a intensificação de pesquisas de novas tecnologias mais amigáveis ao meio ambiente, como essa apresentada… o problema é que o custo do TI Verde, para aqueles que só pensam no bolso, ainda não compensa: o papel reciclado é mais caro que o virgem., por exemplo.  O resultado? a consciência ecológica vai pro espaço, ou  seja, desaparece como a impressão acima…

Para mais detalhes, acesse o vídeo, em inglês, no ZDNet.

Esse é mais um desafio que as tecnologias verdes têm à sua frente. O que você acha que deveria ser feito para se estimular a adoção de tecnologias verdes? dê sua opinião!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão

  1. Tiago