Sonha com advocacia mas adora tecnologia? junte os dois!

| 11 de março de 2011 | 2 Respostas

A invasão da Tecnologia em todas as áreas do conhecimento trouxe uma mudança muito interessante nos últimos anos. Além da criação de profissões totalmente novas originadas da própria Tecnologia, a mescla com profissões tradicionais também permitiu o surgimento de novas profissões com foco em TI originada daquelas, como é o caso da profissão de advogado digital.

 

A segurança da Informação, consolidada hoje no mundo corporativo, passa cada vez mais a exigir na retaguarda, além do pessoal puramente especializado em Tecnologia, também aquele profissional de Direito que esteja preparado para os novos desafios que a Tecnologia impõe na proteção dos interesses corporativos.

Esse perfil era um pouco mais difícil de se encontrar há alguns anos atrás (principalmente nas gerações anteriores à Y), uma vez que havia ainda muito daquele conceito de polaridade nas pessoas ao escolher uma área de atuação, representado quando diziam abertamente não se  dar bem com computadores e números ao escolher a área de Direito, ou se era bom em Tecnologia, não se dava bem em disciplinas de Humanas. Claro que isso ainda existe, mas a tendência é que pessoas com essa mentalidade tenham espaço menor no mercado de trabalho com o passar dos anos.

O site Exame apresentou num artigo algumas das atribuições de um profissional de Direito Digital, veja:

“O advogado digital trabalha com questões de tecnologia vinculadas desde às relações jurídicas no desenvolvimento de um software ao uso das ferramentas de mídias sociais pelos funcionários de determinada empresa”, explica Cristina Sleiman, advogada e co-autora do livro “Direito Digital no dia a dia”.

O profissional que deseja atuar na área precisa ter, além da formação tradicional em direito, conhecimentos básicos de informática e informações técnicas sobre os temas que pretende cobrir. “O advogado precisará sempre entender os negócios da empresa a qual ele atende, seja como seu local de trabalho seja como cliente”, esclarece Giuliana Menezes, diretora da Divisão Legal da Michael Page.

Para enriquecer um pouco mais o tema que estamos apresentando, veja a série de 3 vídeos abaixo, bastante esclarecedora sobre o papel do advogado especialista em Direito Digital, os desafios no mercado de trabalho, e muitas outras informações essenciais. A série foi produzida pela TV Justiça, e responde a muitas dúvidas de quem pretende ingressar na área:

Então é isto aí. Para que ter que escolher entre as duas áreas? Se ambas lhe fascina, vá em frente, faça os dois!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Tags: , ,

Categoria: Carreira, Mercado de Trabalho, Profissões

Sobre o autor ()

Comments (2)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. Silvia disse:

    Adorei a materia!! Parabens!!!

  2. Sandra Borsarini disse:

    Olá, a matéria é interessante. Fiz Ciência da Computação e trabalhei durante 10 anos em conceituada Empresa, mas sempre desejei conhecer mais sobre Direito. Fiz Direito e trabalho há 4 anos como advogada. E pasmem, amo as duas profissões.

Deixe sua Resposta

LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com