Software capaz de reconhecer qualquer tipo de arquivo

Tão importante quanto adquirir conhecimento é preservá-lo através da história para aprendizado das gerações futuras. Quantas dúvidas sobre nossa história poderiam ter sido sanadas se tivesse uma forma de registro seguro a milhares de anos atrás… Pensando nisso, como parte do projeto Keeping Emulation Environments Portable pesquisadores da Universidade de Protsmouth anunciaram o desenvolvimento de um emulador de softwares que reconhecerá qualquer tipo de arquivo datado a partir de 1970.

O valor de um produto deste tipo está nessa afirmação, dada por eles:

…em 2010, a quantia de informações digitais criadas pelo mundo será equivalente a 18 milhões de vezes os dados contidos em todos os livros já escritos…

Dá pra ter uma boa noção do prejuízo…

Lógico que com o estabelecimento de padrões no mercado de tecnologia em geral, hoje não temos mais esse tipo de problema, porém acho muito boa a idéia, já que o desenvolvimento de hoje é fruto dessas décadas onde a compatibilidade de arquivos e protocolos de comunicação entre produtos de fabricantes diferentes era algo impensado.

E claro, os pesquisadores consideraram uma catástrofe cultural a perda de informações digitais antigas, ao contrário do que muitos podem pensar. É um patrimônio histórico e cultural da humanidade que deve ser preservado, de valor imensurável, que diz como chegamos até aqui, indica caminhos e erros que poderíamos ter evitado e que lição tirar para o futuro. Certamente vale o investimento na pesquisa. Aliás, projetos que tenham uma abrangência mundial de preservação do conhecimento, como esse, deveria ter participação (inclusive financeira) de vários países, não acha?

Divulgado pela CIO, de autoria da ComputerWorld.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ebook Grátis: O Segredo para conseguir os melhores empregos

Atenção: Edição por tempo limitado!