Segurança fora da web:mapeamento do crime pela internet

Vírus, trojans, worms, são tantos tipos de pragas na web que temos que nos preocupar que deixamos de lado as pragas fora da web…os criminosos de carne e osso que roubam muito mais que nossos dados, nossas vidas.

Veja uma situação real de como é possível integrar segurança pública com tecnologia web e com baixo custo e assim melhorar a segurança e a vida das pessoas:

Imagine que você, ao mudar de residência para outra região, pudesse identificar o nível de segurança do novo local escolhido, pela Web. Quais os tipos de crimes que mais ocorrem, horários e ruas mais críticas, períodos do ano…e assim desistir daquele local que a princípio parecia tão seguro. Um grande número de assaltos ocorrem nesses casos já que os ladrões têm essas vítimas como presas fáceis por não conhecer a região.

Essa é apenas uma das situações…

O podemos aprender com os EUA sobre mapeamento de crimes

Para isso foram criados serviços de mapeamento de crimes baseados na internet, nos EUA, que ajudam a identificar tendências chegando ao nível de bairros e ruas. Quando um crime ocorre numa determinada região, alguns locais recebem um email de alerta sobre o incidente. Quando o crime é realmente confirmado, é enviado um novo email revelando mais informações como a hora, data, local e tipo de crime de forma a manter informados os residentes daquela área.

Entre os sites que oferecem esse tipo de serviço estão o CrimeMapping.com, CrimeReports.com  e o EveryBlock.com, baseados na tecnologia Google Maps, sendo cada vez mais utilizados nos EUA desde 2007. Um serviço pago diretamente pago diretamente pelos departamentos de polícia de lá e oferecidos gratuitamente à população.

Veja uma imagem com zoom do CrimeMapping.com com uma incidência de vandalismo identificada:

crime_mapping

Através desses sites é possível fazer uma busca numa determinada região e verificar intensidade de crimes que ocorrem, sejam eles roubo de carros, um assaulto ou qualquer outro tipo, baseados num determinado tempo, além da inserção de informações e notas pela polícia sobre pontos específicos.

A disponibilização quase que imediata de informações de crimes pelos departamentos de polícia por todos os EUA contribui em muito para a patrulha e utilização de técnicas específicas nessas regiões e dão uma maior sensação de segurança para a população, que também se sente mais envolvida nessa batalha ao municiar a polícia com outras informações importantes, como movimentaçes suspeitas na sua região.

Fica a pergunta…Por que não temos um sistema desses no Brasil?

Sistemas assim poderíamos ter aqui (como alguém não colocou um serviço desses no ar ainda?), afinal não é nada tão avançado em tecnologia que não pudesse ser criado e disponibilizado. E demanda de incidentes criminosos então nem se fala, estamos “bem servidos” nesse sentido… Esse parece ser mais um problema cultura, totalmente dissociado com capacidade tecnológica mas não tanto de vontade política.

Cabe a nós, como cidadãos, fazer nossa parte e pressionar para que as entidades governamentais permitam parcerias com outras privadas e assim façam uso mais efetivo da tecnologia em prol da segurança pública, que vai além da web…ou se esquecem que existe vida fora dela?

Veja mais informações no artigo do Wall Street Journal

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão

  1. Carlos Francisco
  2. Vinicius