Segurança de dados: Agora tem até computador com vírus de fábrica

Exatamente…Você compra seu computador e ele vem equipado com um vírus de fábrica…infelizmente é possível.

A Asustek, conforme noticiado pelo Yahoo, emitiu um alerta depois que um número ainda desconhecido de seus mini-desktop PC’s,modelo Eee Box, (foto abaixo) distribuidos no Japão, foram identificados vírus. A princípio a empresa não tem certeza em que momento pode ter ocorrido a infecção, se na fabricação ou em uma data posterior. Segundo  empresa pelo menos uma de suas filiais reportou o problema.

O que o virus faz?

Ele se multiplica através de discos removiveis e pode logar informações de sistema. Porém é um virus antigo e já reconhecido por muitos anti-virus no mercado, de fácil remoção

Mas essa não é a primeira vez que isto ocorreu…

No ano passado a Seagate notificou que um Trojan que permitia roubo de senhas foi encontrado em alguns de seus HDs (descoberto pela Kaspersky, um fabricante de anti-vírus), portanto orientava seus clientes a examinar seus discos com antivírus para garantir uma utilização segura.

À medida em que dependemos cada vez mais da tecnologia e deixamos de utilizar meios tradicionais de escrita, se torna cada vez mais importante a segurança desses dispositivos, então não vale a pena vascilar: dados importantes de um projeto, um modelo de negócio, informações pessoais, podem ser roubados de seu notebook novinho,que você acabou de comprar…

Veja uma medida que você pode tomar para evitar ou pelo menos diminuir a chance de um desastre nesse sentido:

Formate seu computador ao comprá-lo

Pelo que nós vimos, não é de todo confiável o processo de instalação e configuração de fábrica. O fato de você fazer isso logo de cara evita que caso deixe para depois, ignore esse processo já que seu computador já estará todinho configurado, deu o maior trabalhão, etc…

Formatação Completa ou Rápida ?

A formatação completa apaga todos os arquivos do disco rígido (ainda que com ferramentas específicas seja possível recuperar alguns arquivos nele), enquanto que a formatação rápida apaga os ponteiros (índices) que apontam para os arquivos, portanto os arquivos e programas continuam lá: e o vírus é um programa. Escolha a primeira opção, pois além de garantir um início do zero, em seu disco rígido, o fato de ele ser completamente acessado aumentam as chances de se encontrar defeitos de fabricação que você não encontraria tão cedo correndo o risco de estar sem garantia (olha a lei de murph aí) quando descobrisse.

E então, pra que correr riscos desnecessários, não é?

(A informação sobre a infecção teve referência no Yahoo)

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *