Salários dos profissionais de TI sobem acima da média em 2011

Mesmo com todos os problemas econômicos que o Brasil está enfrentando desde 2011 devido à crise internacional que parece não ter fim, alguns setores da economia se salvam, ou melhor, estão se salvando e assim ajudando a melhorar os índices de empregabilidade da população.

O setor de serviços, numa visao macro, segue como o grande salvador da pátria de nossa economia, superando o comércio e a indústria, e mais especificamente dentro do setor de serviços, aparece com destaque (para alegria geral do pessoal de TI, no qual me incluo) a área de Tecnologia da Informação.

De vez em quando citamos aqui uma reportagem ou outra, seja em vídeo no nosso canal do youtube ou apenas um link no twitter reverberando o assunto sobre a questão da alta demanda por profissionais de TI no mercado de trabalho brasileiro. Vez por outra alguém diz que é puro sensacionalismo da mídia, coisa e tal.

Sim, pode haver certo exagero, até porque esse comportamento da mídia tem por objetivo trazer atenção para a notícia. No entanto, onde há fumaça há fogo, conforme sugere o ditado e também confirmam os números da pesquisa da consultoria internacional Robert Half. Veja alguns detalhes abaixo:

A remuneração dos profissionais da área de TI que atuam no Brasil recebeu valorização média de 15% no último ano por conta da alta demanda das empresas prestadoras de serviços, farmacêuticas e comércio eletrônico, de acordo com uma pesquisa da empresa de recrutamento Robert Half.

O cenário econômico brasileiro e os novos escritórios de empresas multinacionais no país são alguns dos motivos que aumentaram a busca por profissionais de TI.

Ah sim, mas nem tudo são flores, a crise econômica mundial tinha que fazer suas vítimas por aqui também…

Nem todos os cargos foram valorizados nos últimos meses. A demanda por profissionais de TI para o setor bancário, por exemplo, desacelerou devido à crise econômica internacional.

Porém, o mais importante é que dá para dar certa credibilidade às pesquisas conduzidas por empresas de renome como essa consultoria, por exemplo.

Pode haver situações específicas onde há mais dificuldade de recolocação – e de fato há – mas em linhas gerais temos uma realidade mais otimista se comparada com outros setores da economia, mesmo dentro do setor de serviços.

O lance é saber onde se movimentar na carreira de TI para ocupar esses espaços vagos onde as empresas andam desesperadas para preencher, e assim garimpar seu espaço e um salário mais pomposo.

E isso foi citado pela pesquisa, ou seja, que essa distribuição de demanda e melhores salários não ocorre de forma igual em todas as profissões do setor de TI.

E para isso, como bom começo, é preciso buscar detalhes dessas pesquisas (como no site da Robert Half onde é possível fazer download da pesquisa atual e anteriores), mapear o mercado e entender bem o próprio perfil profissional para projetar onde se especializar sem perder o foco em suas habilidades, sem ter que recomeçar do zero.

Com esses dados, o próximo passo é buscar uma especialização, se necessário, ou apenas refinar o currículo.

Afinal, não basta simplesmente rechear o currículo com uma saraivada de informações desconexas, sugerindo que simplemente você conhece tudo, o que na prãtica é impossível dada a complexidade das tecnologias individualmente falando.

As demandas são muitas, mas mais específicas, e o testemunho de muita gente da área tem comprovado isso.

Busque ser mais objetivo para aproveitar essa demanda e ser mais um a confirmar essa realidade do mercado. Leva tempo, mas lhe dará mais chances de sucesso nas suas investidas no mercado.

A informação em destaque acima sobre o crescimento da média salarial do pessoal de TI foi publicado pela INFO.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ebook Grátis: O Segredo para conseguir os melhores empregos

Atenção: Edição por tempo limitado!