Quanto você cobra sua empresa por seu TEMPO? Vale a pena?

estresse-carreira-emprego-coaching-vocacao

Vale a pena o salário que você recebe em virtude do seu TEMPO ele que consome e o estresse que vem junto, de “brinde”?

Esta é uma pergunta que raramente nos fazemos em relação a nossos empregos. Pensamos mais no dinheiro, porte da empresa, benefícios, reconhecimento, etc.

Mas a saúde no trabalho, por vezes esquecemos. Eu e você, enquanto prestadores de serviço, trocamos nossos serviços por uma quantidade de dinheiro, geralmente representada na fração valor por hora ou valor mensal.

Basicamente, podemos dividir o serviço que oferecemos em 3 partes, a seguir:

  • Sua inteligência, no planejamento e coordenação das idéias para aquele tipo de trabalho específico
  • Sua habilidade aplicada para executá-lo
  • que ambos combinados, vai resultar no Seu tempo total gasto

Obviamente todos estão interligados e são interdependentes. A relação entre eles funciona mais ou menos assim: Quanto mais habilidade você tiver para executar um trabalho, menos neurônios gastará para sua execução e portanto, terminará o trabalho menos tempo, ok? Em consequência da maior habilidade e do menor tempo de reflexão sobre o problema, seu tempo total gasto na execução da tarefa diminui.

Pensando o contrário, se o problema exige muita reflexão devido a você ter uma experiência mediana em relação aquele trabalho específico, seu tempo de execução vai aumentar…

E com o gasto de tempo em cima de um problema, não raras vezes vem o estresse junto, que é o grande mal do século, que consome nossa saúde. Tempo representa vida, e por isso temos que valorizar muito nossos serviços e escolher bem a qual tipo de trabalho estamos aplicando esse bem precioso e escasso.

Então, no final das contas sua empresa paga pelo seu TEMPO, que não volta mais. Muitos envelhecem anos precocemente num emprego devido ao enorme gasto de inteligência, traduzido em preocupação, horas em excesso de trabalho, noites mal durmidas pensando no problema a resolver no dia seguinte…

Será que tudo isso vale a pena pelo punhado de dinheiro que recebemos por hora? TALVEZ somente valeria a pena se o dinheiro que ganhássemos pudesse ENCURTAR o tempo gasto nesse tipo de trabalho, como por exemplo, você trabalharia um ano nesse negócio mega estressante e depois fica 5 anos sem trabalhar (algo do tipo, que fosse extremamente vantajoso), ou seja, o trabalho teria que compensar e MUITO o estresse todo para que pudéssemos recuperar nossa saúde (ou um pouco dela) e deixar de gastar menos tempo no futuro. Conta difícil essa de fazer, não?

Por isso, o que posso deixar para você aqui, de forma mais resumida e prática, é o seguinte: Quando lhe for oferecido um novo salário em qualquer situação, PENSE no QUANTO de tempo gastará para fazer o trabalho (função entre inteligência e habilidade para realizar aquele determinado tipo de trabalho) e QUANTO de estresse está relacionado a isso.

Basicamente, quanto mais TEMPO você for gastar (complexidade), mais estresse virá junto, aí meu amigo, se resolver aceitar, seria bom que o dinheiro compensasse, e muito…

Isto que estou lhe compartilhando é para ajudá-lo a evitar que você aceite trocar de emprego ou mesmo uma promoção (presente de GREGO) e depois perceba que vendeu seu TEMPO por um punhado de migalhas e ainda recebeu uma ENORME carga de estresse junto e venha se arrepender no final, ok? Eu já passei por isso, sei bem como é frustrante…

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão

  1. Bruno
  2. Erisnaldo
  3. Trackback: ideiadepresente 28 de junho de 2014