Pense bem antes de responder às grosserias por email na sua empresa

Você recebeu um email com palavras que lhe ofenderam de alguma forma na sua empresa… como proceder? Isso é muito comum, ainda mais com a concorrência mais acirrada nas empresas, todo mundo com os nervos à flor da pele, onde todo erro gera uma tendência de as pessoas procurarem um culpado.

E essa busca pode acabar terminando em ofensa entre colegas, não importa o nível hierarquico. Você, caso seja a vítima, pode responder no mesmo nível e alimentar o conflito (o que não costuma ser a melhor saída), ou pensar mais um pouco sobre como extravazar a ira inicial antes de dar uma resposta, com mais consciência das consequências para ambas as partes.

Veja as dicas de artigo do IDGNow sobre como proceder quando chegar esse desagradável momento em que tem que responder em situações constrangedoras como essa:

1. Fique longe do teclado. Dê a si mesmo a chance de digerir a mensagem, considerar o ponto de vista da pessoa que o enviou e esvaziar a cabeça. As pessoas geralmente escrevem coisas em e-mails que jamais diriam pessoalmente ou pelo telefone, e muitas vezes estão apenas querendo desabafar.

2. Espere pelo menos uma hora para responder, e tenha certeza de que passou esse tempo focado em outra coisa. Se você deixar a raiva inicial inflamar, não irá pensar claramente quando for responder, e as coisas podem sair de controle. Pegue a estrada mais leve; seja superior.

3. Se você decidir responder (após considerar que algo bom virá disso), finalize o ciclo de e-mails e pegue o telefone: “Hey, eu gostaria de conversar com você sobre seu e-mail e tentar resolver as coisas”. Na maior parte do tempo, é um jeito rápido e efetivo de resolver maus sentimentos.

4. Se essa não for uma opção, tente essa: escreva a resposta maldosa e malcriada que você quer, mas não envie. Escreva em seu processador de texto; se você usa seu e-mail de cliente, um impulso momentâneo pode provocar um clique no botão “enviar”. Escrever é uma ótima maneira de se acalmar e criar alguma perspectiva sobre uma situação difícil.

Uma atitude madura em relação a situações de conflito como essa é algo esperado de profissionais que se preocupam com o aspecto emocional das relações de trabalho, ainda que não sejamos correspondidos à altura por quem ofendeu.

Sei, é difícil, ninguém tem sangue de barata, mas esse recuo aparente ao não devolver a agressão na mesma moeda expõe de forma positiva o auto-controle  desse profissional atacado, melhora sua reputação perante os  colegas de trabalho. Portanto, resista ao instinto de reação e procure uma conversa franca e profissional com quem lhe ofendeu.

A propósito, ofensas a parte, se voce foi o culpado pelo erro que gerou a discussão, procure reconhecer o erro e não apenas justificá-lo, mas sempre deixando claro que isso não justifica o tom ofensivo do colega.

Impulsos e reações incontroladas pode colocar toda uma carreira na empresa a perder, porque a vida é assim mesmo…  Para construir se leva anos, muito suor e lágrimas, mas para destruir, colocar tudo a baixo, basta somente um email inconsequente como gatilho… será que vale a pena a reação?

As 4 dicas em destaque acima são de artigo do IDGNow.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *