Greve dos profissionais de TI de SP: vai ou não vai?

Estava tudo combinado para sexta-feira (18/03/2011), mas o MPT (O Ministério Público do Trabalho) convocou ambos os sindicatos – Sindpd e Seprosp (patronal) para tentarem um acordo e assim evitarem a parada. O reajuste oferecido pelo sindicato patronal é obrigação, e não benefício, uma vez que o aumento dos preços de seus produtos e serviços devem ter sido repassados para os clientes, ou não foi isso que ocorreu?

Creio que as empresas podem fazer um pouco mais de esforço e aproximar suas propostas das reinvidicações do SindPd. Por que? Oras, sem valorização da classe, é natural que aumente o desinteresse de novos estudantes da área de Tecnologia da Informação. Assim, perde o Brasil no desenvolvimento tecnológico e em inovação. Nossa área é estratégica para que o país alcance de vez uma posição de destaque entre as maiores economias do mundo. Aliás, as maiores economias investem massivamente em Tecnologia, e isso compreende essencialmente capital humano.

Portanto, faço um apelo: caros empresários, repensem suas posições em relação ao assunto, vejam o que podem ganhar com isso a médio e longo prazos. Maior retenção de pessoal, incentivo a reciclagem profissional (quem ganha mais pode estudar mais, certo?) e evangelismo do pessoal para angariar futuros colegas de profissão. Isso só para citar algumas das vantagens. Funcionário satisfeito, valorizado, se paga.

 Relembre as exigências dos profissionais de TI de São Paulo, representados pelo SindPd, divulgado pela TIInside:

A categoria reivindica 11,9% de reajuste salarial, o estabelecimento de plano de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), auxílio-refeição no valor R$ 15 por dia e ampliação dos pisos salariais. O sindicato patronal havia oferecido reajuste salarial de 6,47% e refutado todas as outras exigências.

A greve não é boa para nenhum dos lados, mas é importante que ambos cedam um pouco, algo tem que ocorrer a favor da nossa classe.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails