Como Destacar suas Certificações Técnicas no Currículo para Chamar a Atenção do Recrutador

As certificações têm um papel importante na afirmação do perfil de um profissional, não há como negar isso. As empresas costumam ser claras quanto a quais dessas certificações elas precisam para as vagas que publicam, portanto é natural deduzir que o recrutador que vai analisar seu currículo vai entender a sopa de siglas que você despejou lá, certo? Bem, na verdade nem sempre é assim.

Lembre-se, pode ser que o recrutador pode não ter o domínio dos termos técnicos comuns a sua área específica de atuação, o que pode fazer com que ele descarte seu currículo por falta de compreensão do valor que aquelas suas conquistas, de certa forma cifradas na visão dele, representam.

Por exemplo, uma vaga pode exigir que você tenha uma certificação de entrada da Microsoft numa determinada carreira. Você pode ter  aquela certificação básica, mas também pode ser que tenha uma avançada que exigia aquela certificação básica como requisito.

Na sua lógica, você pode colocar somente a certificação mais avançada, pensando que seria natural o recrutador deduzir que você tem a básica. Porém, isso pode não acontecer e o seu currículo pode ser descartado pela falta da certificação básica colocada de forma explícita nele, portanto, coloque a informação, mesmo que sinta que está sendo óbvio demais.

Traduza as certificações em RESULTADOS:

Outro ponto é detalhar brevemente sobre o significado dos títulos conquistados e melhor ainda, dar exemplos de como eles ajudaram você a conquistar resultados importantes nas empresas onde atuou. E claro, traduza seus resultados em números sempre que possível, eles adoram!

Clique aqui para aprender como fazer seu currículo com base nas modernas práticas do mercado – Checklist grátis com 60 ajustes

Onde colocar as certificações no currículo?

Se você obteve certificações profissionais do fabricante de ferramentas que utiliza no dia-a-dia, coloque-as em destaque numa seção separada, logo abaixo da sua seção de “Experiência Profissional” se você tem experiência relevante para a vaga em questão.

Caso não tenha a experiência pedida, coloque-as logo acima da seção “Experiência Profissional”, o que dará um destaque especial a elas.

Os certificados têm um papel importante no sentido de mostrar que você teve proatividade de buscar um conhecimento mais avançado investindo dinheiro e tempo para isso, algo que muita gente ainda não faz, achando que somente a experiência na ferramenta resolve.

 Até certo ponto resolve, mas as ferramentas evoluem e não é comum ver profissionais subutilizando-as por não se atualizarem, e o certificado ajuda a provar esse conhecimento, ainda mais por ter sido emitido pelo fabricante do produto na maioria dos casos.

Outro ponto interessante de certificados como esses é que muitos são de nível internacional e estão disponíveis somente em inglês, o que ajuda a provar, por tabela, de que você tem ao menos um nível técnico no idioma.

E você, como tem explorado o valor das suas certificações no seu currículo?

Tire o máximo proveito do valor desses canudos para dar aquele destaque no seu perfil profissional e assim chamar a atenção do recrutador!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails