Crise dos Mercados: Qualidades para vencer na carreira profissional e na Bolsa

O que fazer durante uma turbulência? A crise pode estar próxima de sua empresa, você já pensou nisso?

Ontem deu em todos os jornais o assunto da crise financeira que atinge os EUA e como um efeito dominó (graças à globalização), bolsas em todo o mundo despencaram. E aqui no Brasil não foi diferente, com uma queba história de mais de 7% no índice iBovespa. Seguindo esse raciocínio e perdas acumuladas no ano, muitos investidores externos e internos abandonam a Bolsa. Os externos, provavelmente para sanar suas dívidas e seu país e se sustentar perante a crise, já os internos, em sua grande parte abandonam desesperados pelas perdas substanciais de ganhos investimentos de anos em apenas alguns meses…é aí que entram algumas qualidades essenciais que podem impedir maiores desastres:

Paciência e visão de futuro

Dói no coração ver seus investimentos descerem água abaixo, mas é nesse momento que  você como um investidor a longo prazo deve se segurar para não ficar com todo o prejuízo…e olhar um pouco adiante.

No nosso emprego, isso também pode ser aplicado: Talvez sua empresa esteja passando por uma grande turbulência e você, de forma desesperada, pensa em pedir as contas ou ainda pular do barco no primeiro momento, e às vezes o faz mesmo que seja para ganhar igual ou um pouco menos…e de longe ,acaba vendo a recuperação de sua empresa anterior e lamenta-se de como estaria na posição se continuasse lá… talvez já promovido

…. é preciso ter visão também, pois paciência sem visão está mais para comodismo

…E assumir riscos

Em uma entrevista ontem com um dos melhores jogadores de futebol do Brasil (um goleiro) ontem no SporTV, foi perguntado sobre o risco de ele deixar sua área para cobrar uma falta, e ele disse sem pestanejar: no risco tomei 2 gols mas marquei 82, para chegar lá temos que assumir riscos

Você como profissional pode não levar nenhum tombo em sua carreira devido à sua decisão de se segurar no palpável, porém poderá nunca passar da mediocridade justamente por isso: medo de arriscar-se por uma visão.

Afinal, ficar ou sair de seu emprego durante uma turbulência? qualquer uma das situações significa risco, porém somente sua visão de futuro poderá dizer se essa decisão é de coragem ou comodismo.

..essas são algumas qualidades que não são essenciais somente para os melhores investidores na Bolsa de Valores, mas também para qualquer profissional em sua carreira que quer estar acima da mediocridade, se sobressair na multidão.

É em momentos de crise que se diferenciam vencedores de perdedores…

E você, concorda com essa opinião?

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails