Carreiras de TI com maiores perspectivas em 2011

O mercado norte-americano aos poucos começa a se recuperar. Esta é uma ótima notícia, já que os EUA são um dos nossos maiores parceiros comerciais. Uma das provas dessa recuperação tem relação com as expectativas de contratações de mão-de-obra relacionadas ao mercado de Tecnologia da Informação dos EUA.

A COMPUTERWORLD, em sua tradicional pesquisa anual, divulgou os números que expressam as expectativas dos detentores de poder de decisão nas empresas, e fez um comparativo com esse sentimento em relação à pesquisa anterior para que possamos ter uma idéia melhor sobre a tendencia do mercado em termos de otimismo e áreas de investimento na carreira.

Veja quais são as áreas de atuação em TI cujos profissionais são os mais desejados pelos contratantes das empresas pesquisadas:

1. Programação e Desenvolvimento de Aplicativos
– 61% disseram ter planos de contratar nos próximos 12 meses, ante 44% na pesquisa de 2010.

Esse salto de um ano para o outro não chega a surpreender, segundo John Reed, diretor-executivo da empresa de recrutamento e seleção Robert Half. “Desenvolvimento web continua a ser muito forte”, diz ele. Mas cresceu também a procura por desenvolvedores de tecnologias móveis que possam melhorar o acesso dos clientes à empresa via smartphones.

2. Gestão de projetos
– 44% têm plano de contratar nos próximos 12 meses, ante 43% na pesquisa de 2010.

Grandes projetos precisam de gerentes, mas eles também precisam de analistas de negócios que possam identificar as necessidades dos usuários e traduzi-las para os funcionários de TI. “A demanda tem sido mais para analistas de negócios do que para os gerentes de projetos”, diz Reed. Em outras palavras, aqueles que podem ajudar a entregar os projetos em vez de meramente supervisioná-los e monitorá-los.

3. Help Desk/Suporte Técnico
– 35% pretendem contratar nos próximos 12 meses, ante 43% na pesquisa de 2010.

Enquanto a tecnologia for usada no local de trabalho, haverá a necessidade de funcionários de apoio, sejam eles internos ou remotos. E os sistemas operacionais móveis “estão acrescentado uma nova dimensão ao help desk e ao suporte técnico”, diz David Foote, CEO da consultoria Foote Partners.

4. Networking
– 35% planejam contratar nos próximos 12 meses, ante 38% na pesquisa de 2010.

Segundo a Robert Half, a demanda por profissionais de TI com habilidades de rede continuará em alta nos próximos trimestres. Essa demanda tem sido alimentada, em parte, pela virtualização e projetos de computação em nuvem. Quanto a certificações, nesse segmento, especificamente, elas são importantes, mas “não estão dirigindo o mercado”.

5. Business Intelligence
– 23% devem contratar nos próximos 12 meses, acima de 13% na pesquisa de 2010.

O pequeno aumento indica uma mudança do foco na redução de custos para o investimento em tecnologias que forneçam acesso a dados em tempo real, melhorando as tomadas de decisão de negócios. Tem apenas um problema: o custo do profissional qualificado. Em países como o Brasil ele é muito alto.

6. Data Center
– 18% vão contratar nos próximos 12 meses, ante 21% na pesquisa de 2010.

Como na área de redes, as operações de data center também estão sendo impactadas pela virtualização das organizações e as estratégias de nuvem. Em particular, aumentou a demanda por profissionais de TI com experiência em operações de data center e integração de sistemas. Além disso, as exigências de ter dados disponíveis para alcançar os níveis de garantia de serviços de TI enfatizam a necessidade de pessoas especilaistas em recuperação de desastres e continuidade de negócios. As empresas precisam garantir que os sistemas vão estar disponíveis quando os usuários precisarem deles.

7. Web 2.0
– 18% pretendem contratar nos próximos 12 meses, ante 17% na pesquisa de 2010.

Habilidades técnicas centradas em torno das mídias sociais permanecem com alta demanda, hoje, com indústrias procurando formas de integrar as tecnologias Web 2.0 em suas infraestrutura. Profissionais que dominem .Net, AJAX e PHP, bem como HTML, XML, CSS, Flash e Javascript, entre outros, estão entre os mais procurados.

8. Segurança
– 17% vão contratar nos próximos 12 meses, ante 32% na pesquisa de 2010.

A queda de um ano pode ser surpreendente, dado que as ameaças de segurança da informação foram crescentes este ano, mas a segurança é uma preocupação para muitas organizações, especialmente aqueles que estão considerando a computação em nuvem como parte de suas estratégias de TI, diz Reed.

9. Telecomunicações
– 9% têm planos de contratar nos próximos 12 meses, contra 17% na pesquisa de 2010.

Ao contrário do que muita gente ainda pensa, temos que nos preocupar muito com a recuperação da economia norte-americana, basicamente porque a nossa economia depende muito disso. E também é previsível o impacto das mundaças das necessidades específicas do mercado de lá com o nosso mercado, de modo que tenhamos uma demanda de perfil profissional semelhante por aqui.

Como as mudanças costumam começar por lá e devem respingar por aqui, como já citamos, uma boa idéia é começar desde já a pensar onde pode agregar na sua carreira profissional dentro dessas expectativas em relação a novas habilidades e aprimoramento das que você já tem.

Saia na frente, a assim chegará mais preparado diante das novas oportunidades, internamente em sua empresa ou mesmo fora dela. O mercado não costuma esperar muito, as coisas acontecem muito rápido. Felizmente ou não, esse é o ritmo que devemos imprimir para não ser deixado para trás, especialmente quando se fala em Tecnologia da Informação.

E você, tem buscado sintonia com as necessidades da sua empresa, do mercado como um todo? Como tem sentido essas mudanças?

Os resultados da pesquisa foram divulgados pelo site CIO.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Uma resposta

  1. nelson

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *