Carreira de Segurança da Informação: melhores salários em 2012

Segurança da Informação sempre foi uma carreira com boa demanda nesses tempos modernos, seja no Brasil ou no Exterior. Mas o próximo ano promete mais para quem já está na área. A expectativa de crescimento dos salários desses profissionais é de 4,5% acima da média em 2012, segundo relatório de pesquisas de média salarial dos profissionais de TI no Brasil, feito pela consultoria Robert Half Technology.

Haverá mais procura para nível de profissionais pleno e acima, mas nào se preocupe se ainda não tem esse nível, pois a demanda ainda deve dobrar até 2015. Ou seja, mesmo você, caro amigo, que ainda está se decidindo sobre sua carreira dentro da área de Tecnologia da Informação, tem aí um momento ideal para iniciar seus estudos na área de Segurança da Informação e assim colher bons frutos até lá, caso essa carreira lhe atraia.

Cloud computing, aplicações móveis, redes sociais, redes sem fio, tudo isso e mais um pouco tem afetado bastante a área de Segurança da Informação nas empresas, exigindo novas habilidades para lidar com as complexidades adicionadas, muitas vezes a toque de caixa nas empresas. O que demanda, é óbvio, mais preparo ainda para quem almeja uma carreira nessa área.,

Quando se avalia as posições mais fortes para 2012, a Robert Half Tecnology aponta o cargo de analista de seguranças de dados. A consultoria estima que o salário base para a função, que envolve análise de risco de segurança e detalhamento de propostas de soluções, vai aumentar cerca de 6%, ficando entre 89 mil dólares e 121 mil dólares.

Nos bastidores dos trabalhos de segurança, espera-se encontrar aumentos medianos para as seguintes funções: administrador de rede (4,9%), administrador de sistemas de segurança (4,6%), gerente de sistemas de segurança (4,1%) e engenheiro de segurança de rede (3,8%). No caso de certificação de segurança, a Robert Half Technology disse que a demanda será por CISSP e CompTIA Security+, especialmente para os gestores de sistemas de segurança da informação.

De acordo com a recente pesquisa global, realizada com 10,5 mil profissionais, conduzida pelo International Information Systems Security Certification Consortium, aka (ISC) 2 – que mantém a certificação da CISSP – a demanda por profissionais de segurança da informação será dobrada até 2015. Mas o estudo antecipou que um número suficiente de pessoas qualificadas não estará disponível para atender tal demanda.

Porém, como dissemos no começo do artigo, se especializar, certificar-se nas tecnologias de referência no mercado de segurança da Informação, gastar com livros importados (ou seja, ter um bom inglês técnico, no mínimo), participar de seminários na área,não são opções para quem se aventura nessa área. Pelo contrário, é requisito primário para ser bem sucedido nela. Ajuda ainda quem possui um perfil investigativo, curioso, que invista em seu próprio crescimento profissional. Trabalhos em horários fora do comercial são bastante comuns, portanto fique atento a essas questões para não se decepcionar e perder tempo e dinheiro.

Os detalhes da pesquisa são do artigo da InformationWeek.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *