Canadá oferece oportunidades de primeiro mundo em TI

Ah, Canada…belas paisagens, povo educado, acolhedor, economia de primeiro mundo… Tive o prazer de conhecer um pouco de suas belas terras na minhas recentes férias neste ano, e foi inevitável não se apaixonar por aquele lugar. E diferentemente dos Estados Unidos, mergulhados numa recessão econômica que parece não ter fim, onde os estrangeiros são tratados como invasores, ladrões de empregos, país já bastante populado, no Canadá ocorre justamente o contrário. Para começar, é o segundo maior país do mundo em extensão, e contrastando com essa magnitude é a quantidade de habitantes: apenas cerca de 33 milhões, ou seja, população menor que a do estado de São Paulo, que já passa de 4o milhões de habitantes.

Ou seja, sobra espaço e falta gente naquele lugar. O envelhecimento da população é outro fator importante que tem levado o governo canadense a incentivar a imigração. Veja no link do Globo um vídeo sobre o assunto.

Curso Sugerido:

Curso InglesAgora | Sistema Fale Inglês Como Nativo

Segundo o site TiInside, profissionais com diploma superior em Tecnologia da Informação encontram promissoras perspectivas de trabalho em Québec (Canadá). O setor é considerado estratégico no mercado de trabalho local, com remuneração anual em torno de US$ 64 mil. Veja mais abaixo, trecho do artigo da TIInside:

O programa de imigração de Québec procura trabalhadores qualificados e o processo de seleção tem duração média de um ano. Os critérios incluem diploma na área, experiência profissional, idade preferencialmente até 35 anos, conhecimento de francês (idioma oficial do Québec) ou disposição em aprendê-lo. Aqueles que já possuem família – cônjuge e filhos – são especialmente bem-vindos.
A área de Tecnologia da Informação no Québec experimenta um processo de expansão e busca renovar e ampliar a mão-de-obra qualificada. É possível encontrar vagas para pesquisa ou para desenvolver e implementar projetos, em empresas de consultoria. As jornadas de trabalho são, em média, de 40 horas semanais, dependendo da empresa contratante.
O imigrante tem todos os direitos de um cidadão canadense, como assistência médico-hospitalar, previdenciária, além de outros benefícios extensivos a familiares (esposa e filhos). O programa não garante emprego, mas o governo ajuda o imigrante na busca por uma colocação no mercado de trabalho.
“Auxiliamos no ingresso ao mercado de trabalho tanto via elaboração de currículos e de cartas de apresentações, como também com o repasse de anúncios de vagas. Se necessário, há ainda aulas gratuitas para aperfeiçoamento do francês“, destaca Soraia Tandel, diretora do Escritório de Imigração do Québec em São Paulo.
Ainda no Brasil, após ser aceito no processo de seleção, o candidato pode ser reembolsado em até CA$ 1.500 (aproximadamente R$ 2.500), referentes aos gastos com o aprendizado do francês em Alianças Francesas parceiras de todo Brasil ou no Senac de São Paulo. Todos os selecionados saem do Brasil com o Visto de Residente Permanente, que permite morar e trabalhar legalmente no Canadá. Após três anos de residência, pode-se solicitar cidadania canadense e então obter passaporte.

Ironicamente, para os defensores da regulamentação da área de TI, a vantagem é que esta área não é regulamentada também no Canadá, o que facilita bastante a aceitação do profissional de TI no mercado canadense sem ter que estudar até alguns anos a mais no caso de algumas profissões regulamentadas. O que manda mesmo é o currículo e uma formação oficial na área, compatível com  o diploma de nível superior no Canadá.

E aí, se animou?

No site do SENAC você poderá ver as datas de palestras gratuitas sobre a imigração para a província de Quebec, no Canadá, bastante informativa. Quanto a oportunidades de empregos na área de TI, vocÊ pode começar acessando o site emploiquebec. Os trechos em destaque deste artigo são de publicação da TiInside.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão

  1. Edson Soares
  2. Vinicius
  3. Vinicius
  4. Airton lucas
  5. Vinicius
  6. Quero ir pro canadá
  7. Vinicius
  8. Airton Lucas
  9. Vinicius
  10. Airton Lucas
  11. Aprigio
  12. Vinicius
  13. Hugo Lima
  14. Vinicius
  15. Carlos Fermino
  16. Vinicius
  17. Fabio Campos
  18. Vinicius
  19. Rômulo Augusto
  20. Vinicius
  21. Rômulo Augusto
  22. Rômulo Assis