Calculando horas excedentes de trabalho no excel – Não perca a conta!

Você faz horas extras? formal ou informalmente? o que quero dizer com isso? explico:É comum nas empresas existir atualmente a política para tratamento de horas adicionais, onde o profissional registra as horas trabalhadas excedente de sua carga horária em tarefas específicas, que justifiquem tal demanda (previamente acordada com superiores), sendo essas horas adicionais trabalhadas pagas em dinheiro. São as horas-extras formais.

O problema é que nem todas as empresas tem ponto eletrônico para controlar as entradas e saídas dos funcionários. Em empresas de serviços de consultoria em geral, são casos bem típicos disso acontecer, dado a natureza do entra e sai de funcionários em visitas a clientes, viagens, trabalho remoto e coisas do tipo.

Então, se você trabalha numa empresa com caracteríticas parecidas, você mesmo deve controlar seus horários, seja entrada e saida na empresa, no cliente, no momento que começa a trabalhar em casa, e por aí vai.

Você pode questionar: por que eu? Até isso tenho que fazer? sim, você mesmo deve fazê-lo. Seu chefe pode até controlar, mas lembre-se que o maior interessado será sempre você, pelo tempo adicional que tem subtraído de sua vida particular em favor da empresa.

É provável que seu chefe, sendo humano, erre eventualmente no controle de suas horas-extras (mais provável ainda que seja para menos…).

Então você deve ficar atento e controlar mesmo. Outra questão importante: se você não tem hora-extra, recebe como banco de horas, mas seus colegas recebem horas-extras a 50% ou mesmo 100% em algumas ocasiões, não seria nada injusto você receber seu banco de horas na mesma proporção, certo?

Se voce trabalhou num feriado, e hora-extra é 100%, banco de horas também deve ser.

Mas claro que isso não é uma regra, é um bom senso, e você deve negociar isso com seus superiores, pois “o que é combinado não é caro”, como diz o velho ditado popular.

Explicação dada, aí vai o link do UOL Tecnologia, com um passo a passo para montagem de uma planilha simples, porém bastante  eficiente para controle de suas horas adicionais de trabalho. Não se esqueça que a empresa não faz favor algum ao lhe dar o que é seu de direito, mas é preciso saber dialogar para não causar um clima ruim.

E se você tem outra forma de controle de suas horas e gostaria de compartilhar aqui, fique à vontade, o espaço é todo seu!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *