A Atitude Desastrosa de quem Começa a Procurar um Novo Emprego

Um passo errado e tudo vai por água abaixo… Não há problema em querer mudar de emprego, almejar algo melhor. Quem não quer melhorar na vida, não é?

Você enviou seu currículo escrito e revisado com base nas modernas práticas do mercado e ele conquistou o recrutador, que acabou chamando você para uma entrevista. Legal!

Porém, é preciso ser discreto quando se está procurando um novo emprego enquanto ainda está trabalhando. Até porque enquanto procura, você não tem garantia alguma de que vai encontrar um emprego melhor, seja em termos de trabalho em si ou apenas salário.

Pode ser ainda que você se dê conta de uma dura realidade: de que está num ótimo emprego em comparação com o que tem encontrado por aí em suas pesquisas… sim, pode acontecer.

E pior que descobrir que o emprego que você está é o melhor que tem “pra hoje” é ainda se queimar no atual ao deixar vazar informações ou suspeitas de que está querendo pular fora do barco…

Sim, existem pessoas que falam abertamente para todos na empresa que está insatisfeito e procurando outro emprego, mas não recomendo agir assim por um motivo simples:

Você pode não sair e o clima que já estava ruim pode virar um inferno, um constrangimento que pode durar sabe lá Deus até quando. Semanas, meses até conseguir um novo emprego? Ou pior, ser demitido antes que se demita!

Se você se preocupa tanto com isso como eu, tenho algumas dicas valiosas para você:

Existem cuidados básicos que você deve tomar para que uma informação tão crítica assim não chegue aos ouvidos do seu chefe. Corro o risco de ser óbvio aqui, mas vale a pena reforçar:

O primeiro e mais importante é:

Não divulgue aos colegas de trabalho que está procurando um novo emprego! NUNCA!

“Ah mas fulano é amigão meu e isso e aquilo…” esqueça! isto é muito sério e pode fazer você perder o emprego atual e ainda por cima o amigo, então não dê brecha para azar!

Talvez SÓBRIO ele seja um amigão confidente mas basta um happy-hour aqui e outro ali, umas cervejinhas a mais na cabeça e pronto, lá vai o boca aberta do seu amigão soltar seu segredo de Estado e queimar seu filme…

Vale a pena o risco? Você vai criar uma expectativa que pode não ser cumprida, o que trará mais estresse e pressão desnecessária sobre seus ombros – ter que dizer que a entrevista fracassou, etc…

No final das contas você ainda pode virar motivo de piada. Não, você não vai querer isto…

Ainda que você siga esse conselho a risca e mantenha sua boca bem fechada, você ainda corre riscos sérios de ser descoberto buscando um novo emprego e são nesses problemas menos óbvios que gostaria de focar.

Abaixo você vai encontrar 5 situações que escancaram suas intenções (contra a sua vontade) de sair no emprego atual:

1 – Atualização completa e ativa no Linkedin do dia pra noite

Sim, você nunca usa o LinkedIn e de repente se torna um profissional altamente conectado e participativo na rede. Atualizou todos seus dados, pediu e recebeu várias recomendações de amigos no seu perfil em um curto espaço de tempo…

O RH deve estar de olho nessa mudança brusca de comportamento na rede. A dica aqui é manter uma atualização ainda que mínima, constante no LinkedIn. Dessa forma, ainda que aumente um pouco seu ritmo de atualizações, dificilmente será percebido. E de quebra, estará construindo sua rede de relacionamentos.

Outra coisa a se fazer é desativar o compartilhamento de alterações no seu perfil ao clicar no ícone com sua foto no menu superior e em seguida acessar o menu Configurações e Privacidade, clicar na aba Privacidade e então verificar se a opção abaixo está desligada, como mostrado a seguir:

Isto evitará que as customizações do seu perfil e currículo no LinkedIn sejam divulgadas na sua rede, que provavelmente deve incluir seus colegas de trabalho ou mesmo seu chefe.

2 – Vai ao trabalho se vestindo mais formal que de costume

Todo o dia vai trabalhar vestido de forma mais casual e de repente, sem o cargo exigir, começa a se vestir mais formalmente, chamando a atenção de colegas de trabalho e gestores. A saída para evitar essas suspeitas é trocar de roupa no caminho antes da entrevista, num banheiro de shopping por exemplo (confesso que já fiz isso).

3 – Tem saído para resolver problemas pessoais com mais frequência

Tempo de almoço mais longo e saídas durante o expediente mais frequentes devido a problemas pessoais. Visitas ao dentista, consultas médicas, problemas familiares… Enfim, a empresa dificilmente vai comprar a ideia de que tudo está acontecendo ao mesmo tempo com você.

Nesse caso tente negociar a entrevista para um horário fora do expediente ou ainda entrevista remota (utilizando skype, telefone, etc) para diminuir as saídas.

4 – Você não tem mais participação ativa nas discussões de trabalho

Você anda meio desligado nas reuniões, não participa mais de decisões importantes, não aparece mais nos happy-hours da equipe com gestores.

Esse desligamento mental (que geralmente precede um pedido de demissão) da empresa não deverá passar despercebido pelos gestores.

A dica: evite demonstrar esses sinais e tente manter o padrão de comportamento de antes. Ainda que não mantenha o mesmo ânimo, ao menos não será tão evidente a ponto de despertar a suspeita.

5 – Atualização de CV nos classificados online de empregos mais famosos

Você vai nos sites de empregos mais famosos e atualiza seu CV de forma que eles se destacam nas pesquisas desses sites ficando assim mais visíveis para as empresas que estão contratando.

Ok, bom ficar visível quando se procura emprego, afinal essa é a ideia, certo? O problema é que ficará mais visível para SUA empresa atual também…A dica nesse caso é optar por um perfil anônimo, opção oferecida pelos melhores sites de classificados de empregos.

Enfim, procurar emprego enquanto se está trabalhando não é tão trivial como parece, não basta somente boa vontade de mudar de ares.

Se você seguir essas dicas, sua fase de transição de emprego será muito mais tranquila. No final das contas, ser discreto poderá fazer você sair da empresa com uma boa imagem, apesar das circunstâncias, deixando assim as portas abertas.

Afinal, nunca se sabe quando precisaremos de novas referências, não é? Ou até mesmo poder retornar a empresa numa posição melhor no futuro…

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails