Até onde sua empresa é culpada por sua desmotivação?

Aposentadoria mental. Interessante esse termo, e bem colocada a explicação feita pelo Eduardo Shinyashiki, especialista em desenvolvimento humano, ao justificar a desmotivação identificada na pesquisa da consultoria internacional Hay Group, a qual descobriu que 31% dos participantes (entre 261 mil pessoas) das 85 empresas de diferentes áreas no país estão desmotivadas.

O termo, segundo ele, refere-se ao auto-boicote, a quando a pessoa tem todo tipo de desculpa para deixar de desenvolver sua carreira profissional. E ele não diz isso em relação a quem finge que trabalha, mas sim àquele que vive na correria do dia-a-dia, mas que não consegue progresso profissional. Reclamações, comodismo com as limitações, falta de confiança são alguns dos sintomas comuns aos aposentados mentalmente.

Seu corpo está lá ralando, mas sua mente está longe, desconectada dos propósitos de seu trabalho. Veja os indícios dessa doença (imagino que posso chamá-la assim) segundo o especialista, pelo site Convergência Digital:

De acordo com o especialista, os primeiros indícios de que não se pode mais evoluir na carreira surgem na forma de pensar do próprio indivíduo. Atitudes como passar o dia todo reclamando ou não buscar novos desafios por acreditar que não é possível vencer certas barreiras são apenas exemplos de sintomas dos “aposentados mentais”.

“Ouço sempre coisas do tipo ‘não invisto em meus pontos fracos, pois sei que não vou melhorar’ ou ‘aquele projeto é muito legal, mas não sou capaz’. O que é bom em você já traz resultados e, por isso, o importante é trabalhar o que prejudica sua performance. O auto boicote é um comportamento comum e altamente prejudicial, pois se o indivíduo não acredita em si mesmo é muito difícil que ele transmita credibilidade no ambiente corporativo”, finaliza o especialista.

Ele termina falando de credibilidade, confiança. Sem transmitir essa característica, voce estará condenado profissionalmente, não importa a área em que atuar, porte ou cultura da empresa.

A desmotivação é um sentimento humano que às vezes não podemos evitar , mas em termos de desenvolvimento profissional, quando alguém larga um projeto ou foge de um desafio por causa desse sentimento, estará, aos poucos destruindo sua imagem perante seus empregadores e deixando um rastro negativo em sua carreira.

Se sua desmotivação for legítima em relação a quem paga seu salário, ainda assim a melhor coisa a se fazer é realizar um ótimo trabalho e se for preciso, sair em alta da empresa. Deixar saudades faz bem e acima de tudo, mantém portas abertas.

Sua carreira é a maior beneficiada com uma atitude dessas. Pense nisso. Talvez seja hora de retomar o controle da sua carreira profissional, e deixar um pouco de lado a espera pela atitude dos outros. Recarregue suas energias e mãos à obra!

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails