Aprender rápido – como desenvolver essa habilidade

exercicio-cerebro-habilidade-carreira

Rapidez em aprender é uma das habilidades mais valorizadas nos dias de hoje, e não é para menos. Isso graças a velocidade com que processos, negócios, ferramentas mudam nos nossos dias. E não importa a área do conhecimento, embora falemos mais sobre Tecnologia da Informação aqui no site.

Empresas se reinventam em tempo recorde para não desaparecem do mercado. Não é opção, luxo para elas. Lógico, nós profissionais que tocamos o dia-a-dia, que metemos a mão na massa, somos o combustível dessas bem sucedidas máquinas empresariais, e portanto, somos nós que conduzimos essas mudanças.

E se não respondemos a essa necessidade empresarial, fica fácil suspeitarmos sobre quais consequências negativas recairiam sobre nós: ser deixado de lado na empresa ou mesmo demitido são as mais frequentes.

“A habilidade de aprender mais rápido que outros é provavelmente a única vantagem competitiva realmente sustentável”. executivo e teórico holandês Arie de Geus  

O que faz dessa habilidade algo extremamente valorizado no profissional moderno, e não raramente, a que mais conduz pessoas ao topo das organizações – não apenas mantém empregos.

O site Exame publicou 4 dicas muito interessantes para ajudar-nos a cultivar o ato do aprendizado rápido, que resultam nada menos que do hábito de executivos de sucesso, como revelados em pesquisa no artigo. Aprender com quem sabe na prática como aprender rápido, bastante sugestivo, não?

1 – Humildade e objetivos

“O ser humano mantém a si mesmo pela renovação, pelo aprendizado constante”, escreve Jucá. O primeiro passo que diferencia as pessoas que aprendem mais rápido das outras é reconhecer as oportunidades de aprendizado. Além disso, elas traçam objetivos específicos de desenvolvimento pessoal, explica o autor.   As pessoas que aprendem mais rápido do que as outras têm a humildade necessária para aprender o que não sabem e também para reaprender ( sob nova ótica) aquilo de que já sabem.   Ou seja, estão sempre revendo conceitos e convicções. E traçam metas para isso. “Objetivos desafiadores são poderosos instrumentos de engajamento”, escreve Jucá.   Quem tem essa primeira dimensão do aprendizado mais bem desenvolvida são os profissionais com “expertise em energizar”, classifica Jucá. Pesquisa, realizada com 250 executivos de grandes empresas na cidade de São Paulo, apontou que 25% são deste perfil.

2 – Procura por novas experiências

Os executivos que são experts em aprender são extremamente abertos e proativos em relação a diferentes tipos de experiências, segundo Jucá.   Buscam diferentes tipos de desafios em suas carreiras, pesquisam, discutem e questionam pessoas a sua volta. Essa habilidade se sobressai em profissionais classificados por Jucá como experts em explorar. Na pesquisa realizada pela Atingire, 31% dos participantes tinham essa capacidade mais desenvolvida.

3 – Pensamento crítico

Além de buscar novas experiências, o experts em aprender são capazes de refletir acerca delas, extraindo princípios gerais e fazendo novas conexões.   São aquelas pessoas que sabem fazer as perguntas certas. Em outras palavras, interagem com o que aprendem.   Ter essa habilidade desenvolvida é ter o que Jucá chama de “expertise mental”. Na pesquisa realizada pela sua consultoria, a Atingire, 24% dos participantes tinham essa característica desenvolvida.

4 – Mudança de comportamento  

Consolidar o aprendizado a partir da prática é a quarta dimensão que diferencia os experts em aprender, que como explica Jucá são protagonistas do seu desenvolvimento.   Traduzir em ação o resultado dos outros 3 itens é parte fundamental do modelo de aprendizado proposto no livro. E esta é parte menos desenvolvida da expertise em aprender nos executivos. A pesquisa da Atingire mostra que apenas 20% dos entrevistados tinham este perfil.  Como explica Jucá, quem tem esta habilidade, sabe que “o aprendizado só se concretiza quando origina novos comportamentos positivos”.                                                                                                                           Fonte:Exame

Muitas vezes, profissionais experientes tem resistência com o conceito de aprendizado, como se dele emergisse uma imagem contradizente com suas longas carreiras. O que acontece com isso é que muitos desses profissionais passam grande parte de sua vida em carreiras estagnadas, repetitivas.

E daqueles que sobem na hierarquia das empresas , acabam conseguindo chegar lá muito mais por seu tempo de casa do que por resultados atingidos. Mas esses tipos de empresa que promovem seu pessoal assim simplesmente por terem alguns anos de casa estão se extinguindo – natural num mercado cada vez mais dinâmico e inovador.

Faça uma análise nessa sua habilidade em  relação a rapidez do aprendizado e veja se você não deixou algo daquela curiosidade, espírito crítico, nos bancos da faculdade/pós…Pode ser, mas o mais importante é saber enxergar isso e investir no aperfeiçoamento dessa poderosa arma em termos de empregabilidade, de sucesso na carreira profissional.

Vale a pena…

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Está na Hora de ser Valorizado e Conquistar o Salário que Você Merece!

Cadastre seu E-mail e Pegue seu Livro Grátis! Promoção por Tempo Limitado...

Fechar esta janela

  • Saiba qual o segredo dos que ganham mais