Aplicativos no combate a pobreza: Desenvolvedor, entre nessa competição

programacao_competicao_social

Você é programador? Gosta de competições? Se respondeu sim a essas perguntas, que tal participar de um concurso que será lançado pelo Banco Mundial?

O objetivo da competição, chamada “Apps for Development“, é incentivar desenvolvedores a criar aplicações que possam ser usadas para medir o progresso dos países em desenvolvimento.

 Segundo o IDGNow…

…No concurso, o Banco Mundial desafia os desenvolvedores a usar os dados para criar “ferramentas, aplicações e mash-ups” para agentes de desenvolvimento. Elas deverão “tornar mais fácil para usuários de dados sobre desenvolvimento tomar melhores decisões e elaborar melhores políticas para superar a pobreza”, disse Zoellick.

Ao liberar o acesso público a seus bancos de dados, entidade incentiva a criação de aplicativos que apoiem ações para superação da pobreza.
O Banco Mundial planeja lançar um concurso para incentivar desenvolvedores a criar aplicações que possam ser usadas para medir o progresso dos países em desenvolvimento.

Competir é bom para o desenvolvimento pessoal e profissional, ficando melhor ainda quando o projeto-alvo em questão tem cunho social, contribuindo para a melhoria de milhares de pessoas que vivem na pobreza. Uma atitude que agrega valor na carreira do profissional, mesmo que não vença. Pensar no social não é mais apenas uma questão pessoal, e isso há muito tempo já.

Pelo contrário, é um ponto bastante observado pelas melhores empresas, que procuram muito mais que apenas profissionais talentos, mas pessoas comprometidas com o lado social, com o meio ambiente, que estejam envolvidos em comunidade.

Aliás, independentemente de competição, qualquer ação visando o desenvolvimento social, seja da comunidade local ou não, envolvendo tecnologia ou não, sempre trará resultados benéficos, e para todas as partes envolvidas.  Nós, profissionais de TI temos que ter esse compromisso, seja contribuindo com nossa habilidade ou recursos financeiros. Sempre podemos fazer um pouco mais, certo?

Acesse a base de dados do Banco Mundial, divulgado pelo IDGNow, e comece a fazer a diferença! Ah sim, não se esqueça de divulgar esta notícia para seus amigos. 

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Nenhuma resposta

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ebook Grátis: O Segredo para conseguir os melhores empregos

Atenção: Edição por tempo limitado!