Acabe com sua fama de reclamão na empresa com estas dicas

Você reclama muito no seu trabalho? Já pensou em como as pessoas o veem nesse sentido? Todos nós podemos passar por isso, claro, humanos que somos. Se não for o seu caso, será que não lhe vem à mente rapidinho um nome quando ouve o adjetivo “reclamão”? Seja um colega de trabalho, amigo, parente… díficil não lembrar de alguém, não é?

O fato é que reclamar muito no emprego costuma ser bastante chato. Todas as empresas tem defeitos, incluindo-se as pessoas que neles estão. As dificuldades estão aí para todo mundo enfrentá-las, não é “privilégio” exclusivo do caro colega reclamão.

O clima pesado na empresa tem bastante a ver com esse negativismo que algumas pessoas carregam, não poupando ninguém de suas reclamações rotineiras.

E tome paciëncia para suportar um colega assim. Os colegas logo começam a isolá-lo, tentando evitá-lo a todo custo. Reclamar é uma atitude normal e justa para quem sente-se prejudicado de alguma maneira, porém o problema está no hábito que isso vira em algumas pessoas, ainda que ótimos profissionais.

O site do UOL deu algumas dicas para quem está passando por esta fase, reclamando além da conta na empresa, para que possa agir no sentido de uma mudança positiva de comportamento, veja:

– O reclamão deve refletir sobre o motivo da insatisfação. Está fazendo a mesma coisa há muito tempo? Não tem mais estímulo ou oportunidade de crescer? Há um objetivo em estar naquele determinado trabalho? Mesmo que não seja o emprego dos seus sonhos, pode ser um meio para conquistar algo que deseja? Dependendo das respostas, talvez a conclusão seja que é hora de procurar outro emprego.

– Não existe trabalho perfeito. Sempre haverá algo compensador e aquilo que não é tão prazeroso. Além disso, é preciso separar a esfera do “gostar” da esfera do “precisar”.

– Muitas vezes, o funcionário precisa apenas de um novo estímulo no trabalho. Ter uma conversa com o chefe pode ajudar. Apresentar novas ideias e dizer que gostaria de fazer algo diferente, por exemplo.

– Aproximar-se dos colegas e melhorar a relação com a equipe é outro comportamento que torna o trabalho mais agradável.

– Procurar um mentor, que pode ser um especialista em coaching, um psicólogo ou alguém mais experiente que possa esclarecer dúvidas e ajudar a encontrar uma direção ajuda muito. O principal, sempre, é não alimentar reclamações.

E o pior é que esse negócio de reclamação contagia facilmente se os demais colegas de trabalho não ficarem atentos. Veja ainda as dicas do presidente do instituto brasileiro de coaching, no mesmo artigo:

Será que o “vírus” da reclamação te pegou?

José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching, dá cinco pistas que podem indicar se você é um candidato a reclamão. Se você concordar com três ou mais das afirmações abaixo, repense sua atitude ou o seu emprego.

1.Estou sem paciência no trabalho e em casa.

2.Só consigo enxergar defeitos na empresa onde eu trabalho.

3. Acredito que o problema está nas pessoas com quem convivo.

4. Estou me sentindo desconfortável no trabalho.

5. Tenho dificuldade de me relacionar com meu chefe.

O otimismo, além de fazer bem para a carreira, faz bem também para a saúde, fato de conhecimento comum da comunidade científica.

Se sua reputação está meio prejudicada nesse sentido, comece agora uma mudança de atitude com essas dicas valiosas. Confie, há tempo de mudar o jogo a seu favor.

Já passei por esta fase e pude comprovar que com dedicação podemos tornar pessoas mais agradáveis para se conviver. E se o problema for com um colega, ajude-o, caso lhe dê abertura para um diálogo. Todos ganham com a mudança dele, inclusive você.

As dicas em destaque são do artigo do UOL.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Discussão