8 desculpas que podem afundar suas perspectivas de crescimento no emprego atual

Problemas de conflitos no ambiente de trabalho, todo mundo tem, embora a intensidade com que ocorram não seja a mesma, geralmente.

Estresse devido a corte de gastos e consequente carga de trabalho aumentada (com o mesmo salário, diga-se de passagem), e ainda sem planejamento algum por parte de quem vende os projetos.

Esse é são somente alguns dos clássicos problemas que acometem as empresas, mesmo as de maior porte, em países como o Brasil. Vai ter corte global na empresa? ah, pode apostar que subsidiárias em países emergentes são umas das primeiras a pagar o pato.

E tome mais conflito, tensão, prazos impossíveis, salários incompatíveis com a função (ou melhor, a diversas funções que agora passam a ser feitas pou um único profissional). Ou seja, insatisfação geral.

O que fazer? pra onde correr? Calma, antes de sair gritando sem rumo pelas ruas da cidade e dizendo coisas sem nexo, tente algo mais simples aparentemente mais promissor (a princípio, ao menos).

Acredite, por incrível que pareça, a solução pode nem mesmo ser financeira. Uma cultura de comunicação decente, clara, franca  e pontual pode ser a salvação da lavoura.

A lista abaixo bate bastante nessa tecla da comunicação e apresenta 8 frases que devem ser evitadas ao máximo para não jogar mais lenha na fogueira nas discussões na empresa. Nada fácil de se fazer no calor da emoção quando aquele colega sem noção solta o verbo sem conhecimento de causa e ainda falando alto na frente de todo mundo.

Veja o que pode aprender e aplicar sobre cada uma delas:

1- “Sabe aquele projeto que deveríamos entregar amanhã? Então, não vou dar conta”
É importante comunicar ao chefe quando um projeto está ameaçado e dar a notícia antes de a situação ficar crítica. Esconder o problema até o último minuto pode transformar uma simples lombada na pista em um engavetamento monstruoso. Dê ao gerente de projetos a oportunidade de sanar um acontecimento que pode comprometer o resultado.

2- “Isso não é minha função”
A falta de mão de obra fez aumentar o valor de profissionais de TI dispostos a resolver qualquer problema que apareça. Não é uma questão só de moral, de entregar-se pelo bem do coletivo. Os benefícios de um comportamento que o motiva a se mobilizar fora da própria zona de conforto aparecem quando você percebe que suas habilidades foram agraciadas e que adquiriu experiência, abrindo as portas em sua carreira profissional.

3- “Ah, então era isso que você queria? Foi mal”
Quando não souber exatamente o que é esperado de você, peça que expliquem melhor quando surgir a dúvida. É melhor do que sair disparado em uma direção para, depois, ver que era o caminho errado.

Perguntar sobre os detalhes de uma tarefa antes de iniciá-la também demonstra que você está pensando de maneira estratégica, no lugar de limitar-se a cumprir ordens. Um exemplo é perguntar: “Querem que eu rode esse teste nos outros servidores também, para ver se há problemas?”

4- “Fulano(a) é uma mala! Por favor, tome providências”
Faça tudo que estiver o seu alcance antes de perturbar o gerente com questões de relacionamento pessoal na empresa. Seu colega não o atende por email? Já tentou falar com ele pelo telefone ou até fazer uma aproximação pessoal? Mas atenção: condutas que violam os preceitos básicos de relacionamento profissional devem ser imediatamente informadas ao gerente.

5-“É chato dizer isso, mas é tudo culpa de sicrano(a)”
Quem avalia o desempenho dos integrantes da equipe é o gerente. Quando um projeto não sai de acordo com o esperado, mostre eficiência e dê sugestões de como melhorar resultados futuros, em vez de liderar a caça às bruxas. Sublinhar faltas e deficiências dos outros não inspira confiança em sua habilidade de trabalhar em equipe.

6- “Quer ser meu amigo no Facebook?”
Convidar um chefe a entrar para seu seleto grupo de amigos na rede social não leva a lugar algum. Na melhor das hipóteses – aquela em que o chefe aceita figurar entre seus “amigos” – essa operação pode resultar em desastre, no caso de detalhes íntimos e pessoais criarem manchas em sua imagem profissional.

Fique atento para o fato de que vários chefes preferem manter clara a fronteira entre o profissional e o privado. Quase metade dos entrevistados em pesquisa disse não se sentir confortável sendo amigo de seus subordinados.

7- “Achava que você não precisasse saber disso”
Mesmo os gerentes que deixam a equipe trabalhar com liberdade e limitam seu envolvimento à observação fazem questão de ser informados sobre o andar da carruagem. Ao enfrentar uma situação em que não sabe ao certo se deve ou não passar o problema adiante, faça de conta que é você o chefe e pergunte: Quero saber disso? Essa informação vai ajudar a melhorar a performance da equipe e otimizará os resultados?

Até informações do tipo “está tudo conforme esperado” são valiosas. Elas demonstram que você está efetivamente no controle da situação.

8- “Fui!”
Substituir alguém em uma equipe enquanto as engrenagens se movem é um processo custoso na perspectiva financeira e de tempo. Aliás, manter os integrantes de um time a bordo constitui, muito provavelmente, uma das maiores atribuições da gerência.

Então, que tal tentar? Afinal, vencer a briga não adianta nada se perder a batalha ao se desmanchar um time promissor. E convenhamos, onde você for trabalhar, caso decida trocar de emprego, terá ainda que encarar esse mesmo tipo de problema. Mesmo porque gente é gente, bicho complexo demais, sujeito a todos os tipos de sobe e desce nas emoções, o que fatalmente respinga na vida profissional.

É além do mais, é assim que nos preparamos para os futuros desafios da vida e nos permitimos lapidar para oportunidades mais atraentes. Então lute para melhorar sua empresa, seu ambiente com os colegas primando por uma boa comunicação e de quebra amadureça mais um pouquinho para o bom futuro que ainda virá.

Os 8 itens da lista acima são de artigo da ComputerWorld.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *