5 opções para um Profissional de TI ganhar dinheiro sem sair de casa

Trabalhar com Tecnologia da Informação nos coloca realmente num patamar diferenciado em relação às outras áreas de atuação profissional quando o assunto é a amplitude de possibilidades de se ganhar algum dinheiro.

Com a mudança da economia mundial, agora mais global do que nunca, as empresas não poupam esforços para maximizar o retorno de seus investimentos fazendo uso da mão de obra especializada disponível em vários países do mundo, entre eles o Brasil, é claro.

Para nós, profissionais de TI, antes tínhamos que pensar muito na questão de deixar o país se quiséssemos ter uma experiência de nível internacional na carreira, sendo essa a única opção. Mas se você e eu, por vários motivos não podemos ou mesmo não queremos deixar nosso país, temos a opção ainda de trazer a internacionalização até nós, graças à evolução da internet e das infraestruturas a ela relacionadas.

Podemos, por exemplo, entregar projetos de software em qualquer lugar do planeta de dentro de nossa casa, se beneficiando ainda do câmbio favorável (embora menos que antes), de modo que nossos serviços tenham um preço competitivo.

E um bom caminho para se chegar a essas oportunidades são através dos sites internacionais que oferecem trabalhos free-lancer e se baseiam no conceito de crowdsourcing.

Segundo o site Olhar Digital, “as ofertas encontradas nesses sites de crowdsourcing são para trabalhos que possam ser feitos a distância e que permitam uma transação (negociação, aprovação e entrega) 100% pela internet. No caso de TI, existem muitas oportunidades para programadores e desenvolvedores”.

O site ainda disponibilizou a seguinte lista contendo 5 opções de sites de crowdsourcing gratuitos. Você pode se cadastrar num deles e começar a divulgar sua especialidade:

Socialance (www.socialance.com)
Uma das mais novas plataformas online para conectar profissionais e empresas que demandem serviços pontuais, a Socialance funciona por meio de indicações. Ou seja, apenas pessoas indicadas por usuários da plataformas podem acessar os serviços.
No entanto, os 200 primeiros leitores do Olhar Digital que acessarem o endereço http://www.socialance.com/invite/uol/ poderão participar da rede sem qualquer indicação prévia.

Elance (http://www.elance.com/)
O site está disponível em cinco idiomas (alemão, espanhol, holandês, inglês e norueguês). Ele permite que pessoas busquem trabalhos ou empresas procurem profissionais que possam atendê-las em projetos pontuais.

DoNanza (http://www.donanza.com)
Funciona como um sistema de leilão online. As empresas detalham os trabalhos que elas querem contratar e estabelecem um valor e um prazo para receberem propostas dos profissionais interessados.

Freelancer (http://www.freelancer.com)
Assim como no caso do DoNanza, o site opera no sistema de leilão de projetos. A diferença é que, além da versão internacional, ele está disponível para diferentes regiões (Inglaterra, Europa, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Alemanha, Hong Kong, Cingapura, Filipinas e África do Sul)

O Desk (https://www.odesk.com/)
O site é bastante parecido com os demais, ou seja, permite que os profissionais busquem trabalhos e façam propostas. A grande diferença dele está no formato de pagamento, uma vez que todos os projetos são medidos por um banco de horas, utilizado para calcular o valor final de cada iniciativa.

Desnecessário frisar a exigência do idioma inglês para se dar bem nesse tipo de negócio, porém, ao menos não é tanto exigente seu nível do que quando se está trabalhando fora do país. No primeiro caso a maioria da comunicação tende a ocorrer de forma escrita, bem mais tranquilo para o pessoal técnico.

Além da graninha extra que pode ajudar legal no orçamento pessoal, a experiência adquirida conta pontos importantes para o currículo, já que as empresas procuram cada vez mais, profissionais globalizados nos dias de hoje. E ser globalizado, neste novo tempo em que vivemos, deixou de ser privilégio apenas de quem sai do país.

E você, se interessa por esse tipo de trabalho? Sente-se preparado para desafios como esses?

Os cinco sites foram divulgados pelo Olhar Digital.

Artigos que também podem lhe interessar:

Related Posts with Thumbnails

Nenhuma resposta

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *